Brasília-DF,
17/DEZ/2018

Confira lugares para as confraternizações de fim de ano em Brasília

Aproveite o tempo de celebrações com comida boa

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Rebeca Borges* Renata Rios Publicação:30/11/2018 06:03Atualização:29/11/2018 18:06

A confeitaria suíça Praliné oferece diversas iguarias no café da manhã e no chá da tarde (Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
A confeitaria suíça Praliné oferece diversas iguarias no café da manhã e no chá da tarde

 

Chegamos ao fim do ano. O período é marcado pelos encontros, seja no happy hour do trabalho, com aquele amigo oculto, seja num descontraído sorvete com os amigos. O que não falta é motivo para encontrar as pessoas queridas. 

 

O Divirta-se Mais separou bares e restaurantes que oferecem diferenciais para quem pretende realizar o evento em locais assim.

 

Que tal aproveitar a infraestrutura que a churrascaria Fogo de Chão oferece? No local, o cliente conta com estrutura acústica e equipamentos multimídia com projetor, telão, microfones, som e laptop, além de opções de pacotes para cada tipo de evento. 

 

“Arrumamos as salas de acordo com a necessidade do cliente e evento. Fazemos formatos em U, L, mesas para 4, 6, 8, 10 ou mais pessoas, mesas em formato redondo, formato para reuniões, ou do jeito que o organizador do evento desejar”, informa Cássio Silva, gerente nacional de operações da Fogo de Chão.

 

Já para um encontro descontraído e até aberto aos animais, a dica é aproveitar os sorvetes do IlGiorno Gelato, onde os pets também ganham guloseimas. 

 

“O nosso estabelecimento é pet friendly, e temos um sorvete para os animais, feito à base de frutas”, afirma Henrique Consone, proprietário da IlGiorno Gelato.

 

Para quem deseja um café da manhã ou um chá da tarde, a sugestão é conferir os pacotes na Uai Bezinha. O local oferece para a clientela os típicos quitutes mineiros. “Nesta época do ano, a gente costuma receber muitos eventos de confraternização, tanto no café da manhã quanto no chá da tarde”, explica Tereza Côrtes, proprietária do local.

 

Drinques especiais

 

No restaurante japonês Haná, os clientes podem comemorar brindando! A casa preparou um happy hour especial para o fim de ano. Leonardo Kammoun, proprietário do estabelecimento, explica: “Os drinques foram escolhidos especialmente para a época das confraternizações. Tradicionalmente, recebemos o pessoal nestas datas”.

 

Leonardo também explica que o ambiente do Haná é adequado para receber diferentes tipos de grupos. “Temos três espaços diferentes: um lugar mais intimista; um no jardim; e um no interior, climatizado”, ressalta.

 

Diariamente, das 19h às 20h30, a casa serve caipirinhas, caipiroscas, caipisaquês, cubas libres e coquetéis de fruta com e sem álcool, por R$ 69 (por pessoa). Para degustar, o estabelecimento oferece o rodízio Haná premium (R$ 85,90, por pessoa). 

 

São 10 opções de entradas, 14 sashimis e sushis especiais, temakis, grelhados, 12 robatas e 40 opções de sushis e pratos quentes. 

 

Quem preferir uma alternativa mais em conta, pode apreciar o buffet light (R$ 65,90, por pessoa), com 40 variedades de sushis e pratos quentes. As pessoas que adquirirem o Haná premium ou o buffet light terão desconto no happy hour, que custará R$ 29,90.

 

O restaurante Haná serve um happy hour especial até o fim de dezembro (Ariel Garcia/Divulgação)
O restaurante Haná serve um happy hour especial até o fim de dezembro

 

Sabor do Nordeste

 

No Vixi Mainha, as confraternizações prometem ter animação, chope e petiscos. A dose dupla passou a vigorar em 26 de novembro e acaba apenas em 31 de dezembro, diariamente, das 11h às 16h. 

 

A casa não conta com um número mínimo de pessoas para aproveitar, a promoção e ainda comporta até 200 pessoas — para aproveitar basta entrar em contato com o local e agendar o dia.

 

O primeiro atrativo é a dose dupla de chope, que sai por R$ 7,60. Já sobre as comidas, o restaurante Sandres Almeida afirma: “Quem prepara as delícias nordestinas do Vixi Mainha é o cozinheiro cearense Francisco Chagas, que serve a clientela brasiliense há 25 anos”. 

 

Segundo Sandres, o chef prepara a carne de sol no próprio restaurante e utiliza coxão mole, que é salgado e estendido em varal.

 

Outra delícia são os queijos oferecidos no local. A primeira opção é o queijo coalho, receita de mais de 150 anos. “Esse queijo é produzido por fermentação, pouco salgado, úmido e com uma casca quase uniforme. Isso torna o queijo resistente ao calor, perfeito para receitas preparadas na chapa ou levadas ao forno”, informa. Ele vai à mesa na chapa e com melaço (R$ 19).

 

A segunda pedida é o queijo do sertão (R$ 19). “Ele é mais cremoso, uma espécie de requeijão, só que com casca firme. Preparado na chapa é um dos petiscos mais pedidos. Como o queijo coalho, o cliente poderá pedir melaço para acompanhar”, sugere. 

 

Sabores nordestinos, acompanhados do chope, são uma combinação certeira (Barbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)
Sabores nordestinos, acompanhados do chope, são uma combinação certeira
 

 

Pacote completo

 

O clima natalino já chegou ao Cantucci Bistrô, onde os eventos de confraternização podem ser organizados para grupos entre 5 e 120 pessoas, ocasião em que a casa fica fechada para eventos. O chef Rodrigo Melo criou para o período um menu completo — entrada, prato principal e sobremesa — por R$ 55.

 

Para começar, o cliente pode optar pelo panini de ragut —  pão artesanal, queijo muçarela, ragú de carne, vinagrete de cebola e rúcula. Na sequência, os amantes da carne podem ir de tradicionalíssimo filé Wellington —  filé envolto em massa folhada com patê de carne, cogumelos shitake e shimeji, risoto milanês e molho de vinho. “O filé a Wellington é o prato mais vendido da casa, que está no menu de confraternizações, e o Panini do chef é uma aposta nova que achamos que vai fazer muito sucesso”, informa Rodrigo.

 

O gran finale fica por conta da sobremesa, que pode vir na forma de rabanada de frutas vermelhas ou torta al cioccolato — torta de chocolate trufado com nozes. “A rabanada é servida quentinha para dar o contraste com as frutas e o creme, entre o gelado e azedo das frutas com doce e quente das rabanadas, uma mistura que conquista e agrada a muitos paladares”, descreve.

 

O Cantucci Bistrô criou um menu pensado para as confraternizações (Barbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)
O Cantucci Bistrô criou um menu pensado para as confraternizações

 

Sucesso no espeto

 

Espetinho é um sucesso em todas as idades, prático, versátil e uma delícia. Na Don Espettoria, o cliente pode escolher entre três pacotes de confraternização, cada um para um tipo de comensal.

 

“Os pacotes foram pensados para facilitar a escolha do cliente. Com o rodízio de espetinhos, a pessoa pode ter acesso a ainda mais comidinhas volantes, como mandioca e feijão-tropeiro”, informa a representante da casa, Renata Montanaro.

 

A primeira opção sai por R$ 95 por pessoa, e conta com o rodízio de espetinhos acompanhados de chope e caipirosca à vontade. Outra pedida é o rodízio com bebidas liberadas, que custa R$ 130. Ou ainda uma alternativa mais modesta com três espetinhos — coração, contrafilé, queijo coalho — e dois chopes (R$ 33,90).

 

Entre os espetinhos mais solicitados na casa, estão o de contrafilé, carne de sol, cupim e medalhão de frango. “A carne da Don Espettoria é comprada de frigoríficos certificados”, garante Renata, que ainda explica que os espetinhos são feitos de carne fresca, assados na hora, na brasa.

 

O rodízio é uma saída simples para grupos de confraternização (Pedro Santos/Divulgação)
O rodízio é uma saída simples para grupos de confraternização
 

 

Elegância e carne

 

Os espaços para eventos fechados na Fogo de Chão são um diferencial da casa. Localizado no centro da cidade, o espaço recebe tanto reuniões de trabalho quanto descontraídas — e deliciosas — confraternizações diversas. 

 

Cássio Silva, o gerente nacional de operações da casa, se orgulha da infraestrutura e logo informa: “Também oferecemos todo o espaço do restaurante para eventos de grande porte. Dependendo da loja, essas salas podem suportar um evento de até 500 pessoas”.

 

Ainda sobre as vantagens, o gerente explica que as salas voltadas para reuniões fechadas podem receber a configuração que o cliente desejar, além de contarem com estrutura acústica e equipamentos multimídia com projetor, telão, microfones, som e laptop. 

 

Cássio ainda informa que há possibilidade de personalização do evento.

 

“No caso de eventos exclusivos, por exemplo, há possibilidade de horários especiais de funcionamento, ou, caso o cliente prefira, fechamos o restaurante”, ele ressalta apenas a necessidade de esse agendamento ser feito o quanto antes.

 

Para finalizar, a casa conta com pacotes fechados para eventos que vão de R$ 279, por pessoa, no pacote diamante, que inclui entradas, mesa de saladas, acompanhamentos, rodízio completo, uma sobremesa por pessoa e três horas e meia de bebidas incluindo água, sucos naturais, refrigerantes e itens da seleção do Bar Fogo, além de um chá ou café.

 

Uma opção mais simples é o pacote Ametista, que conta com todos os itens do anterior, exceto os itens da seleção do Bar Fogo, por R$ 160, por pessoa.

 

As carnes são as estrelas no Fogo de Chão, onde os pacotes para eventos se adéquam à necessidade do cliente (Fogo de Chão/Divulgação)
As carnes são as estrelas no Fogo de Chão, onde os pacotes para eventos se adéquam à necessidade do cliente

 

A vez dos grelhados

 

No Barbacoa, os clientes contam com pacotes diferenciados para atender a grupos de confraternização. “Oferecemos duas opções de pacotes para grupos a partir de 10 e até 60 pessoas”, detalha Marcelo Favaro, chef executivo do Grupo Barbacoa.

 

O forte são os grelhados, que apresentam variedade e qualidade. Entre os grelhados mais pedidos, aparecem o bife de tira e picanha baby. 

 

“A nossa especialidade são os grelhados: carnes, peixes, cordeiro, javali e frango”, explica Marcelo. Segundo ele, qualquer grelhado adquirido dá direito ao bufê de saladas.

 

 “O bufê conta com mais de 30 variedades, entre verduras e vegetais selecionados, conservas premium, frios e molhos”, afirma.

 

“A qualidade da nossa carne é garantida por um time de especialistas que conduz um rígido programa de seleção, visitando frigoríficos pré-selecionados dentro dos padrões oferecidos pelo grupo”, garante.

 

Na compra de um dos grelhados da casa, o comensal garante acesso ilimitado ao bufê de saladas (Henrique Peron/Divulgação)
Na compra de um dos grelhados da casa, o comensal garante acesso ilimitado ao bufê de saladas
 

 

Celebração à moda mineira

 

Que tal celebrar o fim de ano saboreando delícias mineiras? O restaurante Uai Bezinha oferece serviços para quem pretende comemorar com grupos acima de 10 pessoas. A casa montou quatro pacotes diferentes para eventos no estabelecimento, que vão de R$ 28,50 a R$ 39,50 (por pessoa; com cobrança de 10% pela taxa de serviço). As reservas podem ser feitas por telefone.

 

“É um serviço em que o cliente pode comer à vontade”, explica Tereza Côrtes, proprietária da loja. Entre os pacotes oferecidos, o chá da tarde (R$ 32,50) faz sucesso. “São 10 variedades de quitutes mineiros, bolos, salgados, canjicas e bebidas”, afirma a proprietária. “A mesa colonial fica montada e o convidado se sente em casa, ele mesmo vai à mesa se servir!”, acrescenta.

 

Além disso, o Uai Bezinha oferece um bufê (R$ 18,70, por pessoa), de segunda a sexta, com mesa colonial. “É um serviço fixo na casa, pode ser consumido o dia inteiro”, conta Tereza. A opção conta com variedades de quitutes mineiros, bolos e tortas salgadas. 

 

Os quitutes mineiros estão disponíveis nos serviços do restaurante Uai Bezinha (Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press)
Os quitutes mineiros estão disponíveis nos serviços do restaurante Uai Bezinha
 

 

Alternativa gelada

 

Com um ambiente aconchegante e uma atmosfera divertida, a IlGiorno Gelato é um local apropriado para realizar confraternizações com amigos, família, crianças e até animais de estimação — o estabelecimento é pet friendly! 

 

Há cerca de três meses no mercado, a loja, comandada por Henrique Consone, oferece uma variedade de gelatos artesanais.

 

“A gente produz a própria pasta aqui —  nada tem aroma artificial, tudo é natural, sem corantes ou conservantes”, explica Henrique. 

 

Com 16 sabores na vitrine, a gelateria sempre conta com novidades no cardápio: “Todo mês, a gente lança dois sabores”, conta o proprietário. 

 

Um dos sucessos da casa é o creme IlGiorno. “É um gelato de mel, vinagre balsâmico e pistache crocante”, afirma Henrique.

 

O cliente pode colocar até três bolas de gelatos em cada embalagem (disponíveis nos tamanhos pequena, R$ 12; média, R$ 16 e grande, R$ 18). 

 

Além das delícias geladas — disponíveis em sabores sem açúcar —, a casa conta com tortas salgadas, cafés, brownies, sucos e sobremesas. Para realizar confraternizações no local, basta fazer a reserva por telefone. 

 

Os gelatos da IlGiorno Gelato são 100% artesanais (Barbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)
Os gelatos da IlGiorno Gelato são 100% artesanais
 

 

Iguarias açucaradas

 

“Estamos com 45 anos de existência, e realizar confraternizações já é uma tradição”, conta Marion Vendramini, proprietária da confeitaria suíça Praliné. A profissional ressalta que, durante as festas de fim de ano, os clientes podem reservar o local para eventos com até 50 pessoas.

 

O estabelecimento oferece um famoso bufê de café da manhã, servido das 7h às 12h, de segunda a sexta, e das 7h às 14h, nos sábados, domingos e feriados (R$ 29,90, por pessoa, de segunda a sexta; R$ 39,90, por pessoa, sábados, domingos e feriados).

 

“Temos diversos pratos, como tapioca e ovo mexido, preparados na hora, salgados, tortas, doces, sucos, chocolate quente e café. A gente também tem algumas regalias no Natal, como rabanada, panetone e outros produtos da época”, afirma Marion. Ela também conta que, aos domingos, os clientes têm uma surpresa: “A gente oferece um mimo, que é espumante. O pessoal adora”.

 

O bufê de chá da tarde (R$ 33,90, por pessoa, diariamente) também faz sucesso na casa, e conta com massas, caldos, tapiocas, e bebidas. O serviço é oferecido das 15h às 21h. 

 

A confeitaria suíça Praliné oferece diversas iguarias no café da manhã e no chá da tarde (Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
A confeitaria suíça Praliné oferece diversas iguarias no café da manhã e no chá da tarde

 

*Estagiária sob a supervisão de Vinicius Nader  

 

Onde comer

 

Barbacoa 

(SAI/SO Área 6580, ParkShopping, Espaço Gourmet, Guará; 3028-1530), aberto de segunda a quinta, das 12h às 23h; sexta e sábado, das 12h à 0h; domingo, das 12h às 18h.

 

Cantucci Bistrô 

(403 Norte, Bl. E, lj 30; 3328-5242), aberto de segunda a sábado, das 12h às 23h.

 

Don Espettoria 

(412 Sul, Bl. C, lj 3; 3551-1666), aberto de segunda a quarta, das 17h30 à 0h; quinta a sábado, das 17h30 à 1h. (103 Norte, Bl. D, lj 3; 3256-3230), aberto segunda, às 17h à 0h; terça a sexta, das 11h às 15h e das 17h à 0h; sábado, das 11h às 15h e das 17h30 à 1h; domingo, das 11h às 17h.

 

Fogo de Chão 

(SHS Q. 5, Bl. E; 3322-4666), aberto de segunda a quinta, das 12h às 16h, das 18h às 23h30; sexta a domingo, das 12h às 23h30.

 

Haná

(408 Sul, Bl. B, lj 35; 3244-9999), aberto de segunda a sexta, das 12h às 15h e das 19h às 23h, sábado, domingo e feriados, das 12h às 16h e das 19h à 0h.

 

IlGiorno Gelato 

(113 Norte, Bl. A; 3203-4608), aberto de terça a domingo, das 12h30 às 20h.

 

Praliné Confeitaria Suíça

(205 Sul, Bl A; 3443-7490), aberto diariamente, das 7h às 21h.

 

Uai Bezinha! 

(311 Sul, Bl. B, lj 37; 3543-1000), aberto de segunda a sábado, das 8h às 21h30.

 

Vixi Mainha 

(201 Norte, Bl. B, lj 37; 3542-1072), aberto diariamente das 11h às 16h. 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK