Brasília-DF,
22/NOV/2019

Lancheiras saudáveis sem mistérios! Aprenda como montar boas opções para a criançada

A nutricionista Marina Morais dá dicas simples

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Mariah Aquino* Publicação:25/01/2019 06:05Atualização:25/01/2019 08:14

Nutricionista e cozinheira ensina a compôr lancheiras saudáveis e saborosas (Arquivo Pessoal)
Nutricionista e cozinheira ensina a compôr lancheiras saudáveis e saborosas

 

Com a volta às aulas cada vez mais próxima, é bom separar um tempo para pensar melhor nas refeições dos pequenos enquanto estão fora de casa. Um bom planejamento e organização são aliados indispensáveis na hora de eliminar os alimentos muito processados, que podem representar riscos à saúde.

 

A nutricionista e cozinheira Marina Morais acumula mais de 42 mil inscritos em seu canal do YouTube, com conteúdo todo voltado para o preparo de lancheiras e marmitas mais saudáveis.“As questões que mais atrapalham são as organizacionais”, explica Marina.

 

“A falta de tempo, de organização e baixa habilidade culinária geralmente são os motivos pelos quais as pessoas deixam de se alimentar bem e de oferecer alimentos saudáveis”, completa. 

 

 

 

Confira as dicas de Marina:

 

1 - Tire um tempo durante a semana ou aos fins de semana para cozinhar alimentos que possam ser congelados;

 

2 - Aproveite o fim de semana para lavar e picar frutas que serão usadas durante a semana. Muitas delas não precisam ser picadas, como a maçã;

 

3 - As frutas e os legumes voltam inteiras para casa, intocadas pela criança? É importante não desistir e continuar a oferecer alimentos saudáveis. A dica da especialista é incluir os pequenos no processo, levando o filho ao mercado e deixando que ele escolha uma fruta da preferência dele, por exemplo;

 

4 - Estimular o contato da criança com as plantas e com o processo que envolve a colheita e o preparo do alimento pode despertar a curiosidade e envolver melhor o pequeno com alimentos saudáveis;

 

5 - Uma lancheira saudável tem três componentes essenciais: uma fruta ou vegetal, uma fonte de proteína (iogurte natural batido com fruta, ovo de codorna cozido ou queijo minas branco, por exemplo)  e uma fonte de carboidrato integral (pães ou cereais que podem ser combinados com a fonte de proteína);

 

6 - Outra fonte de saúde são as sementes e as oleaginosas como castanhas, nozes e pistache. Por terem muitas calorias, é melhor não exagerar;

 

7 - Lancheiras térmicas podem conservar melhor os alimentos até a hora do lanche;

 

8 - O visual é importante para os pequenos: quanto mais apetitosa e divertida a comida aparentar ser, melhor será a aceitação dela.

 

Aperte o play

 

No canal Marina Morais, a nutricionista tem uma série de vídeos voltados para a elaboração de lancheiras saudáveis. A playlist inclui também vídeos com dicas de lancheiras para crianças com restrições alimentares

 

*Estagiária sob a supervisão de Vinicius Nader 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK