Brasília-DF,
20/AGO/2019

Confira locais onde você pode garantir o presente da mamãe e ainda comer bem!

Evite a correria de última hora no Dia das Mães e garanta o presente da matriarca em um local onde ainda poderá deliciar-se com boa comida

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Mariah Aquino* Renata Rios Publicação:03/05/2019 06:00Atualização:02/05/2019 10:44
Mãe é uma pessoa única, cada uma do seu jeito, são nossas mães que moldam muito do que somos, de como vemos o mundo, e claro, do que comemos. Por ser essa figura tão importante, o Dia das Mães é uma daquelas datas que marca o comércio —  lojas cheias e restaurantes abarrotados são certeza neste dia.

Pensando nisso, o Divirta-se mais sugere que você antecipe a compra do presente de sua mãe. E por que não fazer isso comendo bem? As sugestões desta semana são em shoppings ou locais onde você pode comprar o presente e comer.

Segundo Neto Martins, gestor do Pobre Juan, localizado no shopping Iguatemi, essa é uma época de muito movimento. “A gente vê que o fluxo aumenta. As pessoas aproveitam que têm de vir ao shopping e já comem por aqui”, pondera.

Letícia Miranda, supervisora do Marietta também fala do aumento de fluxo: “Não é porque a pessoa está num shopping que ela não pode fazer uma refeição rápida e saudável.”

*Estagiária sob a supervisão de Vinicius Nader
 
"No shopping, a refeição é parte de um programa, seja para fazer compras, aproveitar alguma atração do espaço ou ir ao cinema", Marcos Bezerra, sócio do Pecorino. 

 (Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)

Combinação inusitada


Quem vai ao Pobre Juan se depara com um menu repleto de cortes nobres e vistosos. As receitas oferecidas na casa primam pela qualidade dos ingredientes, sem abrir mão de criatividade e uma boa dose de habilidade. Para quem vai fazer compras para o Dia das Mães, Neto Martins, gestor da casa, sugere que a pessoa peça um couvert (R$ 17) e aproveite para relaxar. “Se você está esperando enquanto alguém faz compras, essa é uma ótima alternativa, pois é à vontade”, informa.

Entre os pratos principais, a sugestão é o ojo de bife especial (R$ 96,40). “Esse é o centro do contrafilé. É uma carne macia, que lembra o filé-mignon, mas é mais saborosa”, descreve Neto. Para acompanhar, nada trivial: purê de cenoura com chá de jasmim e mel e farofa de pistache. “A farofa é muito interessante, combina muito bem, e o purê dá um toque floral agradável”, pontua.

Para acabar com chave de ouro, a sobremesa precisa do doce de leite argentino usado no local. No caso, Neto aposta na simplicidade e sugere churros (R$ 24,90). “Ele é frito na hora, chega quentinho. Não há quem resista!”.

 (Antonio Cunha/Esp. CB/D.A Press)

No forno à lenha


No Terraço Shopping há 16 anos, a Capodanno é um ponto certo para quem gosta de pizzas. O local serve diversos sabores, mesclando criações próprias a receitas originais.

Há pouco tempo, a casa começou a oferecer almoço e lançou menu com alternativas executivas. “De segunda a sexta os clientes podem pedir, por R$ 49,90, entrada, prato principal e sobremesa”, informa o gestor da casa, Tiago Felipe Sousa. 

Vale ressaltar que a pizzaria e restaurante também trabalha com opções à la carte, como o camarão provençal, (R$ 99,90) e a tilápia no papilote (R$ 39,90).

Entre as pizzas, um diferencial é o formato, pois elas ganham formas retangulares. Por R$ 169,90, o cliente recebe uma pizza com cerca de 50cm com até quatro sabores. É possível também pedir as pizzas nos formatos clássicos. 

Tiago destaca a D’Itália (R$ 77,90), com pomodoro pelati, muçarela especial, tomate seco, rúcula, queijo parmesão, presunto de Parma, orégano, aceto e azeite para finalizar.

 (Marietta/Divulgação)

Rápido e saudável


Não é de agora que as pessoas estão se conscientizando sobre a importância de uma alimentação saudável. Quando se vai ao shopping, entre os diversos fast foods com os quais o comensal se depara nas praças de alimentação, o Marietta é uma espécie de oásis. A casa trabalha com alternativas leves e saudáveis sem deixar a agilidade de lado.

Entre as estrelas da casa estão as saladas. Elas podem ser feitas de duas maneiras: a primeira é montar a receita com oito ingredientes e um molho (R$ 33,90) a segunda é feita com cinco itens e um grelhado (R$ 24). 

Letícia Miranda, supervisora do Marietta, sugere uma combinação curinga para quem está sem ideias. “Gosto muito da combinação de alface, rúcula, tomate, palmito e azeitona preta. É simples e versátil”, pontua.

Entre as saladas prontas, ela destaca a clássica caesar (R$ 28,80) , com alface-americana, frango, crouton, queijo parmesão e molho. Já para quem prefere os sanduíches, Letícia sugere o de atum (R$19), feito no pão preto e acrescido de alface e tomate.

“Nossos pães são feitos na casa e têm tanto a farinha branca quanto a integral para ficar uma combinação agradável”, ensina.

 (Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)

Um clássico da cidade


Quem vai ao Brasília Shopping pode aproveitar a oportunidade de almoçar ou jantar no Carpe Diem. A casa oferece um menu consagrado na capital.

A dica para começar é o carpaccio ( a partr de R$ 30), feito com lagarto e temperado com um molho à base de vinagre, limão, azeite, parmesão ralado, mostarda amarela, alcaparras e salsinha. 

“Todos esses ingredientes são batidos no liquidificador”, informa Fernando La Roque, proprietário da rede Carpe Diem. Na hora de ir à mesa, torradas para acompanhar e rúcula para finalizar.

No prato principal, o filé a la broche (a partir de R$ 106) atende duas pessoas. A aposta, neste caso é, novamente a carne: “São 500g de filé-mignon em manteiga de alho, salsinha e conhaque que vai à mesa com duas guarnições da escolha do cliente”, descreve Fernando. Ele ainda indica que a carne seja acompanhada de farofa de ovos e creme de espinafre. 

Ainda vale destacar o bufê (a partir de R$ 42). “O que realmente nos diferencia são as nossas saladas verdes. Cada cliente escolhe o molho preferido e os pequenos acompanhamentos das saladas como parmesão, croutons, bancon frito, chips de berinjela e abobrinha”, pontua Fernando.

 (Vinicius Cardoso Vieira/Esp. CB/D.A Press)

A Itália é logo ali


O espaço gourmet do ParkShopping reserva boas surpresas para quem busca alta gastronomia em shoppings. O espaço reúne casas do perfil e ainda se beneficia da infraestrutura do centro de compras, como o manobrista, proteção das chuvas e, claro, as lojas.

Entre os restaurantes do local está o Pecorino, casa especializada na gastronomia italiana. “Nós somos uma tratoria italiana. Trabalhamos não só com massas, mas temos, por exemplo, carnes muito saborosas, como o bife ancho e o medalhão”, afirma Marcos Bezerra, sócio da casa. Ele explica que o movimento que gira em torno do Dia das Mães começa a ser sentido antes mesmo da data.

Para quem vai ao local, uma boa pedida é a massa com frutos do mar e panceta (R$ 67). “O spaghetti com calamaretti, gamberi e pancetta é uma receita muito marcante. Ela tem sabores fortes que harmonizam muito bem”, garante Marcos, sobre a receita que leva espaguete com minilulas, camarões, molho de tomate e panceta.

As vantagens do shopping
O sócio do Pecorino, Marcos Bezerra, possui duas casas em shoppings e uma terceira na comercial da Asa Sul. Sobre as vantagens do shopping, ele logo fala: “Sou muito fã. Você tem uma infraestrutura diferenciada, não importa se está chovendo, por exemplo”, explica. Ele ainda pontua a diferença entre os clientes. “No shopping, o tempo de permanência dos clientes é menor, isso diminui o consumo, mas aumenta a rotatividade”, detalha. 

 (Felipe Bastos/Divulgação)

Variedade fora do Plano Piloto


O Taguatinga Shopping pode ser uma escolha para quem mora fora do Plano Piloto. A praça de alimentação tem o ponto positivo de reunir restaurantes para todos os gostos com preços acessíveis. O Chamas Grill, por exemplo, oferece um cardápio variado de almoço e jantar por menos de R$ 30.

O bufê à vontade de almoço conta com pratos quentes, saladas, sushis e alguns assados por R$ 23,90 (para mulheres) e R$ 26,90 (para homens), de segunda a sexta. 

Nos fins de semana ou feriados, o preço sobe para R$ 33,90. No jantar, o bufê também conta com um rodízio de pizza por R$ 23,90 de domingo a quinta e R$ 27,90, às sextas, aos sábados e aos feriados.

“Nosso bufê inclui pratos como pernil e costela bovina assada, cupim ao molho madeira, lasanha”, explica a gerente Bruna Oliveira. 

“No Dia das Mães, vamos montar um bufê especial com cerca de 80 ou 90 opções diferentes, como camarão crocante, frango teriaki e bobó de camarão”. Neste dia, o bufê sairá por R$ 42,90.

 (Victor Rocha/Divulgação)

Recanto português


O Gilberto Salomão é uma boa opção de passeio para os moradores do Lago Sul e região. Há 50 anos no local, o restaurante Bierfass esbanja tradicionalidade e pertence à família portuguesa de Janoel Ribeiro. “Temos alguns pratos típicos da culinária do país, como os nossos bolinhos de bacalhau que fazem muito sucesso”, explica. A porção com 12 unidades sai por R$ 42,50.

“Nosso cardápio é bem variado com carnes, peixes, camarão, aves, frutos do mar e pizza”, pontua Janoel. “Oferecemos tanto pratos à la carte quanto o almoço executivo, de segunda a sexta, com um valor mais em conta,  R$ 32”. 

A casa é animada com programação variada de música ao vivo, de terça a sábado, além de brinquedoteca para as crianças.

O prato recomendado por Janoel é o filé a Bierfass (R$ 111). Em uma porção para duas pessoas, o prato reúne filé-mignon, arroz à piamontese (uma receita que se assemelha um pouco à consistência do risoto), legumes e batatas assadas ao molho de ervas.

 (Bruno Peres/CB/D.A Press)

Marca brasiliense


Localizado no Lago Sul, o Deck Brasil conta com diversos restaurantes para todos os gostos. Um deles é o Dona Lenha, tradicional e conhecido na cidade.

 A casa é especializada em pratos de gastronomia mediterrânea: “Nossa comida é equilibrada, saudável, usamos muito azeite, pouca manteiga e creme de leite, muitos grãos e castanhas, frutos do mar e arroz negro, por exemplo”, explica o proprietário Rafael Benevides.

Rafael acredita que um bom prato para uma família que vai ao restaurante comemorar o Dia das Mães é o bacalhau ao forno (R$ 58). O pescado é feito desfiado ao forno com batatinhas, minicebolas, alho confit, pimentão vermelho defumado, tomate cereja e azeite de páprica; acompanha arroz com brócolis. 

O risoto vegano de quinoa, grão e sementes (R$ 43) também é uma boa, sem glúten ou lactose. É feito com um mix de cogumelos frescos salteados, refogados com espinafre, acelga e alho poró.

O Dona Lenha tem hoje quatro unidades espalhadas pelo Distrito Federal e existe há 23 anos. “Somos uma marca genuína de Brasília e temos muito orgulho disso”, ressalta Rafael. O restaurante começou como pizzaria e ampliou o cardápio com o passar dos anos.

 (Barbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)

Aconchego caseiro


“Nossos pratos têm o sabor de uma coisa que você comeria na casa da sua mãe ou avó — as pessoas gostam da gente por isso”, explica Mariana Dap, uma das proprietárias do Cobogó Mercado de Objetos. 

A casa tem uma proposta diferente: une um café a um espaço que vende artesanatos, roupas, plantas, artigos de papelaria e decoração. De quebra, uma galeria no subsolo recém-inaugurada.

Entre os queridinhos da casa estão o bolo de cenoura com cobertura de brigadeiro (R$ 12), o bolo de bolacha de Maizena coberto com doce de leite (R$ 12) e a biriba (R$ 8), um docinho de coco típico do interior de São Paulo sem queijo ou farinha na massa. 

“Algumas pessoas falam que é tipo uma cocada, mas pra mim biriba é biriba”, brinca Mariana. “É uma receita da minha mãe de muitos anos que incorporamos ao cardápio”, completa.

O Cobogó ganha a atenção das crianças com um parquinho tradicional. Para quem preferir passar por lá no horário de almoço, cada dia a casa oferece um prato diferente por R$ 25.
 
Na sexta, por exemplo, é dia da famosa macarronada, com opção vegetariana. Na quarta, é dia de galinha com polenta e salada. O cardápio pode ser consultado pelo Instagram @mercadocobogo.


ONDE COMER


Bierfass
(SHIS QI 5, Bl. E, ljs 52/53, Gilberto Salomão, Lago Sul; 3248-1519), aberto de domingo a terça, das 12h à 0h e de quarta a sábado, das 12h às 2h.

Capodanno Pizze 
(SHC AOS entrequadras 2/8 lote 5 Octogonal Sul, Terraço Shopping; 3234-5968), aberto de segunda a sábado, das 10h às 23h; domingo, das 12h às 23h.

Carpe Diem 
(Brasília Shopping; 3327-2149), aberto de segunda a sábado, das 12h às 22h; domingo, das 12h às 20h.

Chamas Grill
(QS 1, R. 210, lt. 40, Pistão Sul, Taguatinga Shopping; 3451-6000), aberto de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 12h às 22h.

Cobogó — Mercado de objetos 
(704/705 Norte Bl. E, lj. 51/56; 3039-6333), aberto de segunda a quarta e sextas, das 11h às 20h; quintas, 11h às 21h e sábados, das 9h às 20h.

Dona Lenha 
(SHIS CL QI 11, Bl. O, lj. 2/4, Deck Brasil, Lago Sul, 3364-3400), aberto de segunda a sábado, das 12h às 23h30 e domingos, das 12h às 23h. Todos os endereços disponíveis no site www.donalenha.com.br.

Marietta
(DF Plaza Shopping DF Plaza, praça Central, Águas Claras, 3597-9053), Shopping Pátio Brasil, Praça da Alimentação; 3321 0766), aberto de segunda a sábado, das 10h às 22h; domingo, das 12h às 20h.

Pecorino
(210 Sul, Bl. C, lj 38; 3443-8878); de segunda a domingo, de 12h às 15h, e das 19h à 0h. (STN, cj J, lj 104/105, Boulevard Shopping; 3033-8285), aberto de segunda a domingo, das 11h às 22h30. (SMAS, Tc 1, Espaço Gourmet, ParkShopping; 3967-1105), aberto de segunda a quinta, das 12h às 23h; sexta e sábado, das 12h à 01h e domingo, das 12h às 21h.

Pobre Juan
(Shopping Iguatemi, piso térreo, lj 20, entrada pela parte externa; 3577-5800), aberto de segunda a quinta, das 12h às 15h, e das 19h às 23h; sexta, das 12h às 16h, e das 19h à 0h; domingo, das 12h à 0h; domingo, das 12h às 22h.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK