Brasília-DF,
20/NOV/2019

Dia do Veganismo: Cynara Arnt dá dicas para quem está começando a dieta

Cynara é proprietária do Vegan-se e há nove anos é vegana

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Renata Rios Publicação:01/11/2019 06:00
Cynara Arnt trabalha com insumos e receitas prontas no Vegan-se (Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
Cynara Arnt trabalha com insumos e receitas prontas no Vegan-se
 
O veganismo é uma filosofia, um modo de vida que procura eliminar o uso de todas as formas de exploração e crueldade animal, entre elas, vestuário, alimentação, cosméticos e entretenimento. Nesta sexta (1/11), é comemorado o Dia Mundial do Veganismo, data criada em 1994 por Louise Wallis, então presidente da Vegan Society da Inglaterra. Em Brasília, uma das pioneiras na gastronomia voltada para esse público é Cynara Arnt, proprietária do Vegan-se.

Cynara acumula 17 anos de vegetariana, nove de vegana e, há oito anos, inaugurou o Vegan-se. “Desde que abrimos, vejo que o número de adeptos ao veganismo cresceu. Hoje, também temos um público bem grande de pessoas que buscam receitas veganas. Mais da metade do meu público não é vegano e investe em alimentos dessa dieta em busca de qualidade de vida”, pondera a Cynara.

Entre as causas que o veganismo engloba, está a questão ambiental. “Estamos aos poucos começando a ter consciência de que ingredientes de origem animal usam muitos recursos naturais. Não tem como, nesse ritmo, o nosso planeta dar conta”, desabafa.

Para quem começará na dieta, a primeira dica que Cynara dá é procurar um bom motivo. Seja qual for, ela reforça a importância e destaca. “Isso nos manterá firmes, porque nem sempre é fácil”, pondera.

Outro ponto que ela levanta é o custo dessa alimentação. “Se você for fazer uma dieta com alimentos processados, qualquer dieta acaba sendo cara. A minha dica é aprender algumas receitas. Procurar na internet é uma ótima forma de aprender coisas novas”, sugere. “Uma forma de tornar a dieta mais acessível é a gente voltar às origens, procurar por algo mais artesanal. No veganismo, temos uma dieta ampla, com ingredientes inusitados que são maravilhosos”, anuncia.

Ela ainda destaca a importância do acompanhamento de um nutricionista. “Não só para quem é vegano: o acompanhamento do nutricionista é fundamental em várias dietas”.

Onde comer
Vegan-se — (204 Norte, Bl. A lj, 29; 3522-7875), aberto de segunda a sábado, das 11h às 21h.
 
 
Vegano de receitas
Se você procura um livro com receitas veganas, vale conferir o Vegano pelo Mediterrâneo. A obra apresenta 50 versões veganas de receitas tradicionais dos países do Oriente Médio, Europa e África. O livro vai além da gastronomia e ainda destaca valores do veganismo, como sustentabilidade, respeito ao mundo animal e saúde.

Vegano pelo Mediterrâneo 
Formato: 20x20cm. Editora Alaúde. Páginas: 128. Preço: R$ 39,90

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK