Brasília-DF,
23/JAN/2020

Restaurantes abrem as portas para as confraternizações de fim de ano

Chegou o fim do ano, época marcada pelas confraternizações. Confira locais que investem para receber grupos

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Renata Rios João Paulo Zanatto* Melissa Duarte* Publicação:06/12/2019 06:01Atualização:05/12/2019 19:02
A época do fim do ano é marcada por confraternizações. São encontros com colegas de trabalho, amigos dos tempos de faculdade e até a reunião da turminha da escola das crianças. Entre tantos compromissos, é importante se planejar e escolher locais apropriados para cada ocasião. Para ajudar nessa missão, o Divirta-se Mais selecionou algumas casas que trabalham com alternativas para receber grupos.

Para turmas grandes e eventos de trabalho, um local que investe em infraestrutura e qualidade nos pratos é a churrascaria Fogo de Chão. O espaço trabalha com salas privativas e descontos para grupos a partir de 15 pessoas, além da possibilidade de fechar a casa para eventos, comportando até 700 pessoas. “Nosso serviço permite estar sempre prontos a atender grandes grupos”, pondera Alberto Wachholz, diretor de operações da Fogo de Chão Brasil.

Outra pedida é aproveitar o espaço aberto disponível no Rancho Canabrava e montar uma confraternização das crianças da escola ou de amigos com a família toda presente. “Recebemos muitos grupos de adultos que chegam aqui e se divertem como crianças. Andam a cavalo e até competem no touro mecânico”, conta a proprietária do Rancho Anna Maria de Lucena Rodrigues

É claro que não pode faltar o bom e velho rodízio de pizza e nesse ponto a Pizza à Bessa é um destaque. No local, o conveniente modelo de rodízio não só atende aos grupos, como oferece cortesias para aniversariantes e formandos, por exemplo. Ainda vale falar do espaço, que comporta grupos de tamanhos e gostos variados, oferecendo mais de 50 variedades da redonda. 

*Estagiários sob supervisão de Igor Silveira. 
 
Dicas para tornar a confraternização mais dinâmica e divertida (CB/D.A Press)
Dicas para tornar a confraternização mais dinâmica e divertida
 

Para pais e filhos


Para quem procura uma programação para pais e filhos, a dica é o Rancho Canabrava. O local ao ar livre e cheio de interação com a natureza trabalha com pacotes tanto para os adultos quanto para crianças. Aos fins de semana, o espaço é aberto e conta com bufê à vontade (R$ 51,90, por pessoa, crianças até 5 anos não pagam, entre 6 e 10, o valor cai pela metade) atividades como o arvorismo, o passeio a cavalo e o touro mecânico (cobrados à parte).

“Durante a semana, é necessário agendamento prévio e grupos acima de 30 pessoas”, alerta a proprietária do local Anna Maria de Lucena Rodrigues. Ela ainda complementa que, para pacotes de confraternização, os clientes conseguem um valor especial: “Para confraternização estamos com o bufê por R$ 47, com sobremesa incluída”, anuncia.

Para os grupos que buscam agradar pais e filhos, uma alternativa é adotar o pacote de aniversário infantil. Nessa programação está incluso o bufê infantil com atividades diversas — como passeio de trator, passeio a cavalo, touro mecânico e minifazenda. Anna Maria alerta que nesse caso cada criança paga R$ 100 e os pais pagam o consumo. “Trabalhamos com valores especiais para os pais e o cliente opta se terá bebida e sobremesa à vontade”, esclarece.
 
As crianças têm atividades ao ar livre, como o arvorismo, enquanto os pais podem curtir o bufê à vontade e descansar no redário (Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
As crianças têm atividades ao ar livre, como o arvorismo, enquanto os pais podem curtir o bufê à vontade e descansar no redário
 

Comemorar à beça


Aniversário, formatura, aprovação no vestibular e até amigo-oculto: na Pizza à Bessa, tudo é motivo para celebrar. Para incrementar, a casa oferece bolo de algodão-doce e, acima de 10 pessoas, o dono da festa não paga. “A gente é o rei da confraternização”, orgulha-se o proprietário Paulo Bessa, que batiza o local. “Aqui, é comemoração em família: a gente recebe da criança de 1 ano a senhor de 60”, aponta.

No rodízio (R$ 38,90, por pessoa), a clientela tem mais de 50 opções para se deleitar. De massa fina, a redonda é levada ao forno à lenha. “Por isso, a gente serve em prato pequeno, para a pessoa provar o máximo possível”, revela. A indicação de Bessa é a pizza de sorvete — banana ou chocolate, bola de sorvete de creme mais calda de chocolate quente: perfeita para adoçar a vida e celebrar!

O empresário ainda se inspira nas raízes mineiras com um ingrediente para lá de especial: a rapadura. Na combinação com queijo coalho, o resultado é agridoce. “É um sabor bem regional, bem brasileiro”, continua o dono, que recebe gerações de famílias há 16 anos na casa. A união de milho verde, bacon e brócolis pode parecer inusitada, mas ganhou o paladar dos comensais.

Pizza à Bessa atende gerações de famílias há 16 anos (Patricio Carvalho/Divulgação)
Pizza à Bessa atende gerações de famílias há 16 anos
 

Burguer entre amigos


As hamburguerias tornaram-se queridinhas na capital federal nos últimos anos e, claro, são um bom point para quem quer reunir os colegas e amigos para confraternizar. O Singelo Burguer abre as portas neste período para receber a clientela no clima das celebrações de fim de ano

“A gente abrirá espaços para reservas de grupos neste fim de ano, o que não é uma prática nossa. Tem a possibilidade de até fechar a loja para um grupo exclusivo”, diz Otávio Damichel, um dos proprietários. “Organizamos tudo para que as pessoas possam fazer, de maneira personalizada, as confraternizações de fim de ano”, completa.

No estabelecimento, as confraternizações para grupos de 30 a 40 pessoas, o tíquete médio costuma ser R$ 45. Para mais de 40 pessoas, o preço fica entre R$ 30 e R$ 35, dependendo do horário da reserva.

Boa ação natalina
Encabeçado por Otávio, o projeto Coletivação está arrecadando dinheiro para realizar uma ceia de Natal, em 24 de dezembro, no Centro de Ceilândia, para pessoas em situação de vulnerabilidade social e em situação de rua. Para mais informações e doações acesse o Facebook do projeto Coletivação ou o Instagram @coletivacao.

Os hambúrgueres são uma ótima pedida para grupos que buscam algo mais informal (Carlos Vieira/CB/D.A Press)
Os hambúrgueres são uma ótima pedida para grupos que buscam algo mais informal
 
 
Um dos diferenciais da Fogo de Chão é o espaço, que comporta grupos de até 700 pessoas (Tadeu Brunelli/Fogo de Chão/Divulgação)
Um dos diferenciais da Fogo de Chão é o espaço, que comporta grupos de até 700 pessoas
 

Do tamanho do seu evento


Quem procura um local preparado para eventos corporativos não pode deixar de passar na churrascaria Fogo de Chão. A casa tem salas privativas com capacidade de atender até 200 pessoas. Para grupos menores, a partir de 15 pessoas, o estabelecimento trabalha com preços especiais (a partir de R$ 169,90, por pessoa). Em caso de buyout, ou seja, fechar a casa para um evento de confraternização, o cliente conta com até 700 lugares.

Alberto Wachholz, diretor de operações da Fogo de Chão Brasil, complementa: “Para confraternizações menores, temos, além do rodízio completo, a opção do Fogo Gourmet. Nesse caso, o cliente pode optar apenas pela mesa de saladas ou incluir frango, peixe ou carne”, sugere. Segundo ele, dentro dessa opção, o cliente escolhe entre fraldinha, filé-mignon e alcatra.

No rodízio, o cliente escolhe entre cortes de qualidade. A carne é tratada com todo respeito, tendo desde a origem controlada até o cuidado com a temperatura da brasa, para o preparo ser perfeito. O costelão, a picanha, a fraldinha e a paleta de cordeiro são alguns dos mais solicitados. No bufê, Wachholz revela que os queijos são um dos favoritos dos clientes.

 

Confraternizando na Vila


O Figueira da Villa recebe a clientela que busca um local para confraternizar neste fim de ano. A casa tem como destaques as carnes e os cortes argentinos e uruguaios.

“O pessoal decide se quer fazer algum pacote, montando com pratos individuais e bebidas inclusas, por exemplo. Ou se quer seguir com um cardápio fechado, cardápio aberto. Tem vários formatos”, conta Valdir Neves, proprietário do Figueira da Villa. Os preços variam entre R$ 80 e R$ 140 e o estabelecimento conta com um espaço interno que recebe em torno de 120 pessoas e externo cerca de 60 pessoas.

“É importante estas datas para trazer mais clientes para conhecerem a casa. Uma coisa que restaurantes costumam fazer é cobrar pelo espaço, e a gente não cobra. Estamos abertos há sete anos e sempre querendo trazer mais pessoas para conhecerem o Figueira da Villa”, finaliza Valdir.

As carnes são o carro-chefe no Figueira da Villa (Paula Rafiza/Esp. CB/D.A Press)
As carnes são o carro-chefe no Figueira da Villa
 
 

Galeto à vontade


Um dos espaços mais procurados para confraternizações de fim de ano são as galeterias. A Galeteria Serrana abre o local para atender o pessoal que busca confraternizar, com a família, os colegas de trabalho ou os amigos.

“A gente tem salão individual, para grupos de até 50 pessoas. É importante ter esse espaço no fim de ano, as empresas querem fazer encontros, amigo-oculto etc., e eles precisam de um lugar só para eles”, aponta o proprietário da casa Luziano Oliveira.

O rodízio de galeto, acompanhado por polenta frita, maionese de batata, massa caseira, arroz carreteiro e farofa sai por R$ 46,90. Para grupos acima de 10 pessoas, ele sai por R$ 43,90. A casa também trabalha com alguns pacotes, como um que inclui bebidas não alcoólicas por R$ 58. “Uma coisa que as empresas estão fazendo muito é pagar pela comida, o rodízio, e cada funcionário paga sua bebida com uma comanda individual”, ressalta Luziano. Além do galeto, a Galeteria Serrana também tem pratos à la carte, como a picanha (R$ 88,90 serve até três pessoas).

O galeto vem acompanhado por polenta frita, maionese de batata, massa caseira, arroz carreteiro e farofa (Kleber Lima/CB/D.A Press)
O galeto vem acompanhado por polenta frita, maionese de batata, massa caseira, arroz carreteiro e farofa
 

Para curtir a natureza 


E se sua confraternização deste ano for diferente? Em vez de um jantar, almoço ou happy hour, você tivesse um fim de semana inteiro para curtir. É essa a proposta que a Pousada Inácia oferece. No local, os clientes contam com o Restaurante L’Alcofa, além das acomodações da pousada. “O café da manhã é muito elogiado pelos hóspedes. A pousada oferece, ainda, trilhas particulares”, explica Gabriela Alcoforado, proprietária da pousada.

“O restaurante L’ Alcofa, com altíssima gastronomia, é abastecido por nossa horta orgânica, além de uma adega composta por mais de 700 rótulos”, destaca orgulhosa. Para grupos a partir de10 pessoas a proprietária propõe montar um cardápio fechado.

O chef Marcelo Riella sugere a sequência : “Camarão crocante com aioli de alho confitado (R$ 72), como entrada. depois, a Costela Passion braseada (R$ 120), acompanhada de purê de mandioca com queijo minas meia cura, farofa, picles de cebola com laranja e espinafre salteado, e fechando o sorvete artesanal de baru com ganache de chocolate meio amargo (R$ 52)”, elabora.

O chef Marcelo Riella, formado pela Le Cordon Bleu do Canadá, é um dos responsáveis pelas caçarolas do local (Guilherme Othon/Divulgação)
O chef Marcelo Riella, formado pela Le Cordon Bleu do Canadá, é um dos responsáveis pelas caçarolas do local
 
 
 

Onde comer


  • Figueira da Villa (Rua 1, lt. 2, acamp DFL, Vila Planalto; 3081-0541), aberto de segunda a sábado, das 12h à 0h; domingo, das 12h às 17h.
  • Fogo de Chão (SHS Q. 5, Bl. E; 3322-4666), aberto de segunda a sexta, das 12h às 16h, e das 18h às 23h30; sábado, das 12h às 23h30, e domingo, das 12h às 22h30.
  • Galeteria Serrana (404 Sul, Bl. D, lj. 13; 3224-3447) aberto segunda, das 11h às 15h; de terça a sexta, das 11h às 15h e das 18h30 às 23h; sábado, das 11h às 16h e das 18h30 às 23h; e domingo, das 11h às 16h.
  • Pizza à Bessa (214 Sul, Bl. C, lj. 40; 3345-5252; CLSW 101, Bl. B, subsolo, Sudoeste; 3344-0990; Av. Parque Águas Claras, Q. 301, cj. 2, lts. 1/3; 3436-0505), aberto diariamente das 18h à 0h.
  • Rancho Canabrava (Núcleo Rural Sobradinho I, Chácara 46, zona rural; 3591-1694 ou 98147-0201), aberto sábado e domingo, das 10h30 às 17h. De terça a sexta mediante agendamento prévio.

  • Restaurante L’Alcofa (Pousada Inácia, Alto Paraíso de Goiás, Fazenda Almécegas, Condomínio Avalovara, Zona Rural. Entrada para o Vale Verde, km 159 da GO 118, contato@pousadainacia.com.br; (62) 99908-0895)
  • Singelo Burguer (CNJ 1, Bl. C, lj 17/18, Taguatinga Norte; 3053-6469. @singeloburguer), aberto de segunda a sábado, das 18h30 às 23h30.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK