Brasília-DF,
06/ABR/2020

Estabelecimentos agradam com variedades de bebidas e drinques para o carnaval

Em tempos de carnaval, nada melhor que bebidas turbinadas para encarar a folia

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Renata Rios João Paulo Zanatto* Maria Baqui* Publicação:21/02/2020 06:00Atualização:20/02/2020 20:05
Sim, uma cervejinha casa bem com o carnaval, mas que tal tomar uns bons drinques? Essa é a sugestão do Divirta-se Mais para este tempo de festa. Na capital, o folião encontra estabelecimentos que apostam na criatividade e na qualidade das bebidas oferecidas, tudo claro, com muita cor e sabor!

Entre os especialistas em drinques, Vitor Baravelli é um dos nomes que se destacam. O proprietário do Gato Preto sugere que os foliões optem por bebidas de acordo com o programa que vai curtir. “A tequila não é uma boa escolha, se você for pular carnaval em bloquinhos. Bebidas com bastante gelo e mais suaves são recomendadas. Mas, se a ideia é curtir o carnaval em um bar ou algo assim, a gama de drinques que atendem essa demanda aumenta”, pondera Baravelli.

Para quem busca cores e frescor, Vando Albuquerque inseriu no cardápio do Godofredo cinco drinques para lá de coloridos e que atendem bem os foliões. “Cada um dos drinques feitos tem uma composição e um sabor próprios. Todos são refrescantes e nenhum é muito doce”, informa.

Ele ainda adianta que os drinques carnavalescos permanecerão no menu durante todoo mês. Depois, a ideia é mantê-los apenas se houver uma procura muito alta por alguma das bebidas. “Como são frutas caras e sazonais, por exemplo a pitaia, não é viável ficar com essas bebidas no cardápio o ano inteiro”, explica.

Ainda no clima de festa, o Loca como tu madre oferece um menu leve e bebidas variadas. Entre as alternativas, estão as jarras, ótimas para compartilhar. “Temos Clericot e sangria, por exemplo, que vêm em jarras e servem até quatro pessoas. É muito bom para quem vem em grupos”, explica Giovanna Maia, proprietária do local.

*Estagiários sob supervisão  de José Carlos Vieira
 
 

Cores e variedade


Durante fevereiro, o Godofredo não se acanhou e apostou com tudo nas cores e no gin. “Buscamos colocar frutas com cores fortes, para dar esse ar de carnaval. Também tivemos o cuidado de manter os drinques refrescantes, tanto na fruta como na escolha da base alcoólica, que foi o gin”, explica o sócio da casa Vando Albuquerque.

Para quem se interessou, os drinques trazem nomes cheios de inspiração, todos com ritmos de festas No cardápio estão do Gin frevo — gin, amora, uva, cardamomo, zimbro e tônica; o Gin Samba — gin, toranja, gengibre, xarope de gengibre, pimenta rosa, zimbro e tônica; Gin folia — gin, pitaya, suco de limão, xarope de açúcar, zimbro e tônica; Gin axé — gin, pêssego, licor de pêssego, suco de pêssego, flor de anis, zimbro e tônica; e o Gin maracatu — gin, maçã verde, xarope de maça verde, flor de anis, zimbro e tônica.

O valor dos drinques depende do gin escolhido pelo cliente. Com o nacional, R$ 24; com Bosford R$ 27; Gordon’s, R$ 27; Beefeater, R$ 28;  Amazoni, Tanqueray e Bombay, R$ 31; e gin bulldog, R$ 34. “Se o cliente quiser experimentar todos, colocamos um preço acessível em uma régua; são versões menores dessas bebidas”, sugere Vando. A régua com as cinco opções em versões menores sai por R$ 39,90.

A régua de drinques apresenta, por um preço acessível, as criações carnavalescas (Godofredo/Divulgação)
A régua de drinques apresenta, por um preço acessível, as criações carnavalescas
 

Para compartilhar e se refrescar


O Loca como tu madre é um dos queridinhos da capital. O ambiente jovial e descolado traz ao cliente não só drinques deliciosos, mas também uma cozinha abrangente e diferenciada.
Recentemente, a casa passou por uma reformulação no menu e agora conta com mais  opções leves e, como é cada vez mais importante, pratos veganos.

“A gente vem seguindo a tendência do verão-primavera, e isso combina muito com o carnaval”, pondera Giovanna Maia, proprietária. Entre as opções que atendem bem à fome dos foliões, Giovanna sugere o tempurá de legumes com shoyo (R$ 38), o pappardelli ao funghi (R$ 49) e a cumbuca de cogumelos grelhados com arroz e curry vermelho.

Para beber, a casa conta com uma carta ampla e com opções para compartilhar. Entre os queridinhos, está o Clericot (R$ 21, a taça; ou R$ 59, a jarra). “Esse é um drinque refrescante com frutas e espumante. É leve e ótimo para dividir, atendendo bem até quatro pessoas”, sugere.

Giovanna sugere o refrescante Clericot para a folia carnavalesca (Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press)
Giovanna sugere o refrescante Clericot para a folia carnavalesca
 
 

Alegre, colorido e cheio de sabor!


Em uma versátil combinação de sabores, o drinque Pabllo Vittar (R$ 32), do Rainbow Gastro Drinks, é uma excelente opção para comemorar o carnaval. À base de gin, o drinque conta com uma dose e meia do destilado e consiste em um mix de espuma de frutas vermelhas, suco de cranberry e licor de morango, ao perfume de lavanda.“Sugerimos que os clientes experimentem sem canudo para que assim o drinque se encontre no momento da degustação”, aconselha o proprietário do local, Júlio Cardia.

Para o carnaval, quanto mais cor, melhor. Por isso, o bar investiu em produzir uma bebida que, além de saborosa, conta com um design externo encantador. Por cima da receita, é acrescido glitter arco-íris. “O drinque Pabllo, além de cítrico e refrescante, é decorado com glitter comestível, por dentro e por fora da taça. Geralmente, você já incorpora isso na sua fantasia”, comenta Júlio.

Para acompanhar, o proprietário sugere que o cliente peça o Trio Rainbow (R$ 41,90). A receita é uma combinação de anéis de cebola, coxinha da asa à milanesa e uma porção de batatas, que pode ser doce gratinada ou fritas. Além disso, combina, também com a bebida, as minipizzas (R$ 25,90) de berinjela, com uma trilogia de cogumelos, tomate, azeitona e manjericão.

Drinque cítrico em homenagem à Pabllo Vittar é decorado com glitter comestível (Rainbow Bar/Divulgação)
Drinque cítrico em homenagem à Pabllo Vittar é decorado com glitter comestível
 

Com um toque de chá!


Para começar o carnaval com mais leveza e sabor, o Muv Gastrostore oferece o drinque Herbatônica (R$ 34). A opção é à base de gin acrescido de sumo de limão.

Além disso, segundo o sócio do bar Guilherme Marques, o cliente pode escolher especiarias para serem misturadas aos ingredientes da bebida. Entre as possibilidades estão anis, gengibre ou hibisco. A seleção é a gosto do cliente.

O diferencial da receita é a substituição de uma mistura gaseificada, que é comum em outras alternativas de bebidas da casa, por uma infusão de sachês de chá de frutas vermelhas ou gengibre.

“Por causa do clima quente e seco em Brasília, o drinque é uma boa opção para quem procura algo leve e refrescante”, disse Guilherme. Por outro lado, ainda que tenha sabor sutil, a bebida é bastante cítrica, por conta do toque do suco do limão e especiarias.

No entanto, um bom drink pede um bom acompanhamento. E, para o sócio da casa, a opção perfeita do menu é o Carpaccito (R$ 34). A receita é preparada com filé de lagarto, cortado em finíssimas tiras. Para o molho, foi escolhido um especial de mostarda. Além disso, o carpaccio é acompanhado de fatias de rabanete e coberto por rúculas frescas e parmesão ralado.

Muv Gastrostore aposta em drinks com chá de frutas para o carnaval
 (Muv Gastrostore/Divulgação)
Muv Gastrostore aposta em drinks com chá de frutas para o carnaval
 
 

Cerveja na mão!


Cada vez mais em alta, a cervejas artesanais são uma ótima pedida para atiçar os paladares neste carnaval. Um dos points que contam com uma boa diversidade de cervejas é o BSBeer, restaurante que funciona hoje, amanhã e domingo durante as festividades carnavalescas.

São mais de 100 rótulos de cervejas — variam de R$ 8,61 a até R$ 49,61 — que fazem com que a clientela entre num dilema muitíssimo agradável. Estevam Guimarães, proprietário do local, indica quais tipos de cerveja tomar durante o carnaval. “Nos dias mais quentes, recomendo uma lager bem gelada. Nos outros, cervejas mais alcoólicas, como as IPAs”, aponta.

Outra opção são os chopes. A bebida é uma ótima pedida para quem busca algo refrescante neste carnaval. Entre os chopes artesanais, estão o Red Rye IPA, da Cruls (R$ 13,61, 300ml e R$ 18,61, 500ml) e o California Lager (R$ 10,61, 300ml e R$ 15,61, 500ml), da Hop Capital.

A casa também conta com shows ao vivo. Nesta sexta, a partir das 19h30, Alex Duarte embala o público com muito rock.

Neste sábado, é a vez da roda de samba do grupo Os Bembens, a partir das 13h, animando a tradicional feijoada (R$ 35,61, bufê à vontade) do BSBeer. No domingo, também a partir das 13h, Renato Rendeiro apresenta um repertório com muita mpb e axé. Couvert opcional a R$ 9,61.

O BSBeer é um dos points dos amantes das cervejas artesanais (Ana Rayssa/CB/D.A Press
)
O BSBeer é um dos points dos amantes das cervejas artesanais
 

Esquentando a folia!


Um dos mais novos lugares da capital, o Eskenta Bar promete ser um ponto certeiro para quem quer curtir o carnaval sem ir para bloquinhos, ou para quem foi ao bloquinho e quer continuar a farra. A casa vai abrir normalmente neste carnaval, com exceção de segunda-feira, dia em que costuma estar fechado.

“Nós vamos experimentar o carnaval de Brasília pela primeira vez. Como somos novos, vai ser interessante para vermos como é o público com a opção de bares e bloquinhos”, aponta Vitor Giacobbo, um dos proprietários do local. Para ninguém perder o clima dos bloquinhos, a casa também conta música ao vivo, promovendo o cenário artístico da cidade e animando o público.

Um dos destaques da casa é a caipirinha, por R$ 12, que, eventualmente, as terças e domingos sai por R$ 8. Victor também aponta a Caipi Eskenta (R$ 15) — receita do local que une limão, cumaru e cachaça — como um dos sucessos entre a clientela do bar. Outros drinques também agradam, como o Moscow Mule (R$ 22 e R$ 15, às sextas-feiras) e a caipicerva (R$ 15 e R$ 12, aos domingos). Para quem não curte drinques, uma das alternativas é o litrão de cerveja, por R$ 9,50.

A caipirinha é um dos sucessos do Eskenta Bar (Gobah Marques/Divulgação)
A caipirinha é um dos sucessos do Eskenta Bar
 
 

Ambiente diferenciado


Que tal aproveitar a época de folia para conhecer um ambiente diferenciado, com alternativas elaboradas e criativas de drinques? Essa é a proposta do Gato Preto, casa que arrebata fãs na Asa Norte.

Os drinques feitos com esmero e capricho se diferenciam e atendem tanto a quem quer passar no local, beber e sair para a folia, quanto a quem pretende aproveitar a noite na casa.

Se a ideia do cliente for ficar no Gato Preto, Vitor Baravelli sugere a Margarita, feita em duas versões: a clássica, com limão, tequila e licor de laranja (R$ 22), ou a chili (R$ 22).

Ainda com tequila, o shot de sangrita (R$ 16) vem à mesa em dois copos, um com tequila, e outro com um drinque com pimenta, romã, suco de laranja e limão. Agora, se a ideia é aproveitar a folia, a bebida Lillet Vive atende bem. “Esse é um drinque refrescante, com gelo, suave. A água tônica é refrescante”, sugere. Para comer, a dica é o frango laqueado picante (R$ 29), se for comer no local; ou o cheeseburguer (R$ 26), se a ideia é ir para a farra.

A Margarita Chili é uma versão mais suave da bebida clássica (Bruno Oliveira/Divulgação)
A Margarita Chili é uma versão mais suave da bebida clássica
 

Em homenagem a Elvis Presley


O restaurante Rubaiyat dispõe de novos drinque para compor o menu da casa. Com homenagem a grandes nomes da música internacional, o bartender Gabriel Bernardes explica que as bebidas têm sabores únicos e são perfeitas para animar o carnaval.

À base de rum, o drinque Hawaiian Sunset (R$ 32) é composto por amaro siciliano, um toque de suco de limão e uma delicada dose de xarope lilikoy, sabor maracujá, acrescido de especiarias picantes. Além disso, há, também, na composição angustura, um concentrado aromático para dar sabor à mistura.
Ademais, a casa oferece outros drinques à base de destilados variados. Por exemplo, o Mr Moonlight, de tequila; o Summer Breeze, à base de gin, e o drinque In Bloom, com aperol. Segundo Gabriel, o Hawaiian Sunset tem médio teor alcoólico.

E, devido aos ingredientes presentes na receita, há um balanceamento entre o sabor cítrico e doce, ainda assim com um leve toque picante. “O drinque é uma receita da casa que é extremamente refrescante. Além disso, a bebida é, além de saborosa, aromática”, disse o bartender.

Para ele, o drinque à base de rum é excelente para ser servido com entradas fritas e picantes. “Um ótima opção de aperitivo para acompanhar a bebida são carnes vermelhas”, completou. Por isso, sugere-se o filé aperitivo (R$ 37), com molho chimichurri, preparado no restaurante.

Drinque Hawaiian Sunset, em homenagem à música de Elvis, tem sabor à base de rum (Rayan Ribeiro/Divulgação)
Drinque Hawaiian Sunset, em homenagem à música de Elvis, tem sabor à base de rum
 

Xô, álcool!


Um dos points mais icônicos e queridos da W3 Sul, a Vitamina Central é o local para quem busca energias sem ter que recorrer ao álcool. A famosa lanchonete, conhecida pelas vitaminas turbinadas, funciona no horário normal hoje e sábado, sendo um bom lugar para “esquentar” antes de partir rumo aos bloquinhos. A lanchonete retoma as atividades normalmente na Quarta-Feira de Cinzas.

“A vitamina Adrenalina (R$ 8, 500ml) é uma das que mais saem. É uma boa para quem precisa dar uma energizada”, aponta Clóvis Carvalho, proprietário. A Adrenalina é composta de leite, banana, açaí e xarope de guaraná. Para quem quer se refrescar, uma boa opção também é a Saborosa (R$ 7, 500ml) feita com laranja, mamão, banana e abacaxi.

Além das bebidas, a lanchonete também é conhecida pelos salgados. Todos são assados na hora, mas o destaque é o pão de batata com queijo minas (R$ 4,50, a unidade), que é um dos favoritos da clientela há mais de 40 anos.

A Saborosa é um ótimo refresco em dias mais quentes (Bruno Peres/CB/D.A Press)
A Saborosa é um ótimo refresco em dias mais quentes
 
 
ONDE COMER

BSBeer (CLSW 103, Bl. C, lj. 64/66; 3263-2428), de terça a quinta, das 17h à 0h; sexta e sábado, das 12h à 1h; domingo, das 12h às 20h.

Eskenta Bar (409 Norte, Bl. B, lj. 53), aberto de terça a quinta, das 16h à 0h; sexta e sábado, das 16h à 1h; domingo, das 16h à 0h. Mais informações pelo Instagram: @eskenta.bar.

Gato Preto (504 Norte, Bl. C, lj 3; 99912-3333), aberto de terça a sábado, das 17h à 1h.

Godofredo (408 Norte, Bl. B, lj. 12; 3965-6666), aberto de segunda a quarta, das 17h30 à 1h; quinta a sábado, das 17h30 às 2h.

Loca como tu madre (306 Sul, Bl. C, lj 36; 3244-5828), aberto de quinta, das 12h às 15h e das 18h à 0h; sextas e sábados, das 12h às 15h e das 18h à 1h.

MUV Gastrostore (408 Sul, Bl. C, lj. 7; 3551-4636), aberto de terça a quarta, das 17h à 0h; quinta, das 17h à 0h; sexta e sábado, das 17h às 2h; e domingo, das 17h à 0h.

Vitamina Central (506 Sul, Bl. A, lj. 63; 3244-2866), aberto de segunda a sexta, das 7h30 às 20h; e sábado, das 7h30 às 12h30.

Rainbow Gastro Drinks (105 Sul, Bl. A, lj. 2; 3242-2469), aberto de segunda a quinta das 17 à 1h; sexta e sábado das 17h às 2h; e domingo das 14h às 22h.

Rubaiyat Brasília (SCES Tr. 1, lt. 1A, 3443-5000), aberto de segunda a sábado, das 12h à 0h e no domingo, das 12h às 18h. 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK