Brasília-DF,
16/DEZ/2017

Fora do personagem Wolverine, Hugh Jackman é visto como o cara legal de Hollywood

O ator é o avesso do personagem agressivo

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Yale Gontijo Publicação:26/07/2013 06:05

Tido como %u201Cbonzinho%u201D, Jackman diz que quem o conhece de perto duvida disso (AFP PHOTO/ANDREW COWIE )
Tido como %u201Cbonzinho%u201D, Jackman diz que quem o conhece de perto duvida disso

As garras de adamantium são expostas, e os músculos se retraem em posição de ataque. Assim reconhecemos o carrancudo Wolverine na tela. E é como conhecemos melhor Hugh Jackman, 44 anos. Fora da pele do veterano de guerra, o ator é o avesso do personagem. Ou, pelo menos, a imagem do sujeito tranquilo, o Mr. Nice Guy de Hollywood. “Muitos me enxergam como cara bonzinho, mas tenho certeza de que quem me conhece de perto duvida dessa afirmação”, despista, em entrevistas.

Para entrar na forma de Wolverine, o ator acorda às 4h30 para uma rotina de pesados exercícios e dieta restrita. O físico não é o único desafio. A personalidade mais sombria entre os X-Men tem a regeneração dos tecidos corporais como mutação. Wolverine não pode se machucar, envelhecer ou morrer. A perda da memória, responsável pelas lacunas da vida nascida nas páginas de HQ, aumentam a agonia e o transformam em um ser complexo. O segundo filme solo do personagem chega com a missão de levantar o moral depois do fiasco da primeira fita apartada da turma da Escola de Mutantes, X-men origens: Wolverine, fracasso de público e crítica.

Wolverine Jackman, quer dizer Hugh, nasceu em Sydney, Austrália, em 12 de outubro de 1968. Filho de imigrantes ingleses, foi criado pelo pai e os quatro irmãos mais velhos quando a mãe precisou retornar à Inglaterra. Formou-se em jornalismo e nunca exerceu. Quando descobriu que queria ser ator, passou dois anos estudando interpretação, o método de Stanislavski, e fez o treino vocal que o transformou em astro de musicais da Broadway, na década de 1990. No cinema, soltou a voz em Os miseráveis, que lhe rendeu indicação ao Oscar. Aparentemente, o ator nunca se descolará de Wolverine. Está previsto para 2014 X-men: Dias de um futuro esquecido, em que Hackman encarna pela nona vez o mutante com garras.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES