Brasília-DF,
25/JUN/2017

'Alemão' avança na questão da desigualdade social nas favelas

Milhem Cortaz, Otávio Müller, Caio Blat, Gabriel Braga Nunes e Marcello Melo Jr participam do elenco do filme

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Yale Gontijo Publicação:13/03/2014 10:19Atualização:13/03/2014 10:23

Cena do filme Alemão, dirigido por José Eduardo Belmonte (Paprica Fotografia/Divulgação)
Cena do filme Alemão, dirigido por José Eduardo Belmonte

O ciclo da favela parecia ter se fechado com  os dois filmes Tropa de elite e inúmeros outros títulos produzidos no país desde o começo dos anos 2000. Uma atualização do tema está sendo feita em Alemão. O primeiro lançamento nacional das quintas-feiras tende a avançar mais ainda na questão da discussão da desigualdade social incluída em sequências de ação. O roteiro deste centra-se em eventos fictícios inseridos na ocupação real das favelas do Complexo do Alemão em 2010.

Dissimulados em um esconderijo, cinco policiais infiltrados precisam descobrir uma maneira de sair do morro sem serem pegos pelos soldados do tráfico. Confinados em um ambiente exíguo, os oficiais de polícia interpretados por Milhem Cortaz, Otávio Müller, Caio Blat, Gabriel Braga Nunes e Marcello Melo Jr , vivem um thriller psicológico com muitas nuances. As referências do cineasta brasiliense, José Eduardo Belmonte, transitam entre os filmes de Sidney Lumet, Kathryn Bigelow, faroestes e o cinema sufocante de John Carpenter (Assalto à 13ª DP). No elenco, estão, ainda, a atriz brasiliense Mariana Nunes, o veterano Antônio Fagundes e Cauã Reymond, como o chefe do tráfico Playboy.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES