Brasília-DF,
10/DEZ/2019

'Ford vs. Ferrari' mostra panorama histórico da indústria automobilística

O filme volta para a época em que as empresas começaram a travar embates nas corridas automobilísticas

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Correio Braziliense Publicação:15/11/2019 06:02Atualização:14/11/2019 21:16
'Ford vs. Ferrar'i revive a histórica rivalidade automobilística entre as empresas (Merrick Morton/Divulgação)
'Ford vs. Ferrar'i revive a histórica rivalidade automobilística entre as empresas
 
O filme Ford vs. Ferrari faz uma viagem no tempo e retorna para a década de 1960, quando as empresas começaram a travar embates nas corridas automobilísticas. A Ferrari, reconhecida pelos inúmeros títulos na categoria (a tradicional corrida 24 Horas de Le Mans), ganha a Ford como concorrente. As duas marcas começam a batalhar, nas pistas, por títulos — e consequentemente por prestígio e glamour.

A disputa, no entanto, acaba por se tornar mais interna do que externa. Responsável por liderar a construção da equipe da Ford, o ex-piloto Carroll Shelby (interpretado por Matt Damon) contrata Ken Miles (interpretado por Christian Bale) para ser o piloto principal. No entanto, a mentalidade da empresa é voltada para o ramo empresarial e acaba por deixar o âmbito esportivo de lado, dificultando o trabalho dos contratados.
 
A expectativa de se tornar uma boa concorrente acaba por não se concretizar. A multicampeã Ferrari mantém um padrão elevado esportivamente e a Ford, com um número elevado de produções de carros, continua focando na parte de negócios. O filme de James Mangold extrai o máximo dos bastidores do esporte e das questões empresariais, com foco nos personagens envolvidos.


COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES