Brasília-DF,
18/SET/2021

No Jambu produtos da Amazônia e do cerrado são agregados à cozinha autoral

Como alternativa, o chef Leandro Nunes criou um menu interativo, em que o cliente escolhe oito ingredientes e o chef elabora oito pratos com os produtos selecionados

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Rebeca Oliveira Sara Campos - Especial para o Correio Publicação:26/09/2014 06:03Atualização:25/09/2014 13:11
Leandro Nunes aprendeu o valor de servir alimentos crus com o chef Rene Redzepi, do dinamarquês Noma
 (Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
Leandro Nunes aprendeu o valor de servir alimentos crus com o chef Rene Redzepi, do dinamarquês Noma
Capitaneado pelo talentoso chef Leandro Nunes - com passagem pelo Noma, restaurante da Dinamarca, eleito por três vezes o melhor do mundo -, o menu do restaurante Jambu agrega produtos da Amazônia e do cerrado à cozinha autoral. Como alternativa aos clientes que gostam de se aventurar na gastronomia, o chef criou um menu interativo (#GourmetInterativo), em que o comensal escolhe oito ingredientes e Leandro elabora oito pratos, incluindo entrada e sobremesa, com os produtos selecionados (R$ 120 por pessoa, reservas com 10 dias de antecedência).

A partir daí, é só deixar o chef surpreender. O atum marinado com vinagre de arroz, picles de cebola roxa, rabanete, uvas e brotos de beterraba, coentro e capuchinha, foi criado a pedido do Divirta-se Mais. "No Noma, as comidas cruas são muito valorizadas. O chef Rene Redzepi adora marinar diversos ingredientes. Ele tenta cozinhar o mínimo possível", explica Nunes.

Jambu
(Avenida JK, em frente ao balão principal, Vila Planalto; telefone 3081-0900), aberto de terça a sexta, das 11h30 às 14h30 e das 19h às 23h; e sábado, das 12h às 15h e das 19h30 às 23h30.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK