Brasília-DF,
21/SET/2021

Restaurante Chapéu de couro traz gastronomia nordestina à Ceilândia

A casa oferece somente um prato: carne de sol completa (R$ 90, para duas pessoas e R$ 105, para quatro pessoas)

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Rebeca Oliveira Renata Rios Publicação:10/04/2015 08:04
A receita da carne de sol servida no Chapéu de Couro foi trazida da Paraíba pelos pais de João Campello
 (Bruno Peres/CB/D.A Press)
A receita da carne de sol servida no Chapéu de Couro foi trazida da Paraíba pelos pais de João Campello
Maior reduto nordestino do Distrito Federal, Ceilândia acaba de completar 44 anos. Assim como fizeram os candangos que ajudaram a erguer a mais populosa cidade do DF, o casal Francisco das Chagas e Ana Lúcia Campelo mudou-se da Paraíba trazendo nas malas a esperança de de que dias melhores viriam.

Aqui, ergueram o Chapéu de Couro, restaurante que oferece somente um prato: carne de sol completa (R$ 90, para duas pessoas e R$ 105, para quatro pessoas).

A carne salgada é servida em fatias e escoltada por arroz, feijão tropeiro ou de corda, mandioca cozida ou frita, paçoca de carne e vinagrete. Para finalizar, manteiga da terra (ou de garrafa) à vontade. “Fomos o primeiro restaurante de Ceilândia a oferecer o preparo”, orgulha-se o gerente, João da Cruz Campelo.

Para beber, os clientes costumam se revezar entre cervejas long neck (a R$ 6 cada) e suco de frutas. Os sabores limão e laranja, mais populares, custam R$ 5, cada um.

Chapéu de Couro

(QNN 1, Conjunto E, Lote 2, casa 2, Ceilândia; telefone 3071-1063), aberto de segunda a sábado, 11h às 23h; e domingo, das 11h às 16h.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK