Brasília-DF,
15/JUL/2018

Bar do Amigão é um local inusitado para encontrar uma comidinha com jeito nostálgico de casa

Entre os pratos, os clientes encontram mais preparos para se deleitar, como o tutu à mineira

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Rebeca Oliveira Renata Rios Publicação:22/05/2015 06:08
Carne cozida do Bar do Amigão: a vocação para restaurante fala mais alto (Carlos Moura/CB/D.A Press)
Carne cozida do Bar do Amigão: a vocação para restaurante fala mais alto
Um bar é um local inusitado para encontrar uma comidinha com jeito nostálgico de casa, mas é exatamente isso que acontece no Bar do Amigão. O local tem clima e pratos que levam aos clientes a sensação de estarem saboreando aquela comidinha feita pela avó.

As opções são muitas; entre elas, o proprietário da casa, Rubens Arake, sugere o músculo cozido (R$ 27, para duas pessoas) acompanhado de arroz, feijão, macarrão e salada de alface e tomate. "O músculo é uma carne com pouca gordura e fica muito boa cozida, pois, além de ajudarem a amaciar a carne, os temperos ficam bem evidentes", explica Arake.

Entre os pratos, os clientes encontram mais preparos para se deleitar, como o tutu à mineira (R$ 48,90, para duas pessoas). No preparo, são servidos tutu, arroz, bisteca, couve, torresmo e linguiça. "Temos uma clientela cativa e hoje o restaurante é mais forte que o bar", conclui o proprietário.

Bar do Amigão
(506 Sul, Bloco B, Loja 46; telefone 3244-1109), aberto de segunda a sexta, das 11h às 22h30; e sábado, das 11h às 17h30.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK