Brasília-DF,
18/NOV/2018

Pratos veganos ganham destaque no circuito gastronômico da cidade

Com as portas abertas, o restaurante Supren Verda aumenta as opções de comidas leves na capital

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:22/05/2015 06:11
Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press
Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press
Durou exato um ano a orfandade dos veganos no circuito gastronômico da cidade. No mesmo local da 203 Norte em que funcionou até abril de 2014 o Café Corbucci, uma cafeteria especializada em comida sem produtos de origem animal, o Supren Verda abriu as portas, com idêntica finalidade.

Em esperanto, supren significa ascensão e verda, verde, explica Ulisses Riedel, chefe de um clã que já soma seis gerações de vegetarianos. Com a mulher Vanda Beatriz, funcionária aposentada do Banco do Brasil, Ulisses, advogado brasiliense, frequentava o Café Corbucci e decidiu "manter a proposta do lugar", quando Marina Corbucci anunciou o fechamento. Depois de uma ampla reforma, a casa de 60 lugares (mas que já reuniu 120 pessoas) no estilo varandão, sem paredes, voltou a funcionar sob nova direção.

Preço acessível

Além das saladas - tabule de quinoa e amaranto, mix de folhas verdes e guacamole com chips de banana-da-terra -, o cardápio está focado em vegetais, tubérculos, raízes, cogumelos e frutas. São carros-chefes o curry de grão-de-bico e batatas aromatizado com açafrão, gengibre, cominho e noz-moscada e o kuketo, feito de farinhas de milho, de linhaça, de banana, de chia e amaranto com ervilhas, tomates e palmito.

A esses destaques são acrescentadas guarnições, como arroz integral ou farofas que completam o prato "de forma balanceada", diz Beatriz. Ela chama atenção para os preços acessíveis, pois quase todos os pratos compostos saem por menos de R$ 15.

Saúde é o que interessa

"Nosso foco não é o lucro e, sim, criar novos hábitos alimentares, que garantam saúde e reduzam os custos públicos", afirma a empresária vegana, que divide o tempo entre o restaurante e a direção de comunicação da TV Supren.

Segundo o casal Riedel, o restaurante obedece a um ideal, no qual se insere também "a alimentação saborosa e totalmente saudável". Tanto que qualquer pessoa pode consumi-la: alérgicos, celíacos, diabéticos.

Atualmente aberto só para almoço, inclusive no domingo, o restaurante passará a oferecer jantar (de segunda a sábado) a partir de 12 de junho, Dia dos Namorados. Telefone: 3327-6384.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK