Brasília-DF,
26/JUN/2019

Casal de chefs estrelam o Favas Contadas especial do Dia dos Namorados

Sayuri Yamamoto e Leco Mendes se conheceram no Sul e desde então vivem como namorados e companheiros de preparos

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Liana Sabo Publicação:12/06/2015 06:10
 ( Gustavo Moreno/CB/D.A Press)
Embora tenham morado em Brasília, onde ela nasceu, Sayuri Yamamoto e Leco Mendes se conheceram em Santa Catarina há pouco mais de oito anos e passaram a viver como qualquer casal de namorados, com a diferença de que trabalhavam juntos no restaurante Edomae (significa baía de Tóquio), no Balneário Camboriú - ele como chef de cozinha e ela como chef de confeitaria.

"Sou perdidamente apaixonado por Sayuri", proclama o gaúcho Leandro Mendes, conhecido por Leco desde o nascimento. Seis anos mais velho, Leco decidiu ir à Univale (Faculdade de Gastronomia do Vale do Itajaí), para conhecer a estudante que iria fazer uma substituição em seu restaurante. Quando a viu, sentiu que "era a japinha de minha vida."

Sayuri se saiu tão bem na confecção de sobremesas que logo assumiu o lugar da amiga, que havia abandonado o cargo. Dois anos mais tarde, o casal vendeu o Endomae e abriu um bistrô japonês, em Blumenau, onde passou também a fazer os jantares para a Eisenbahn, uma marca de cerveja fundada por Juarez e Jarbas Mendes, pai e tio de Leco.

Parceria no fogão
No casamento profissional Mendes/Yamamoto predomina a pegada oriental, "mas a técnica é francesa", ressalta o chef que prefere a culinária clássica à contemporânea. "Minha cozinha não é de fusão busco simplicidade, autenticidade e sabor". São esses elementos que podem ser percebidos nos pratos de Leco, um cozinheiro que, em seus quase dois anos de Brasília, passou pelos restaurantes Alice, Senac e Bottarga.

Agora, os pombinhos trabalham juntos na área de eventos. Eles acabam de se unir na grife Sweet Sayuri, que produz refeições para até 60 pessoas. No menu salgado, há grandes tops, mas o destaque é o fettuccine de frutos do mar - "o prato preferido da minha amada", derrete-se Leco.

Depois de prová-lo, ficou o meu também. Camarões, lula, polvo e marisco servidos numa bisque (caldo básico de camarão, conhaque e condimentos) que levou 12 horas no fogo. É divino!

 Doces da chef Sayuri Yamamoto ( Gustavo Moreno/CB/D.A Press)
Doces da chef Sayuri Yamamoto


Menu a quatro mãos

Há ainda outros pratos, como fettuccine a Alfredo com paillard de mignon, pato com laranja e frango nipônico, além de um atum com molho bordalês e purê de batatas com wasabi. Menos extrovertida que o amado, Sayuri mantém no perfil oriental um pouco de timidez herdada da avó, uma imigrante japonesa que mora no interior de São Paulo.

"Aos 90 anos, Batian (como são chamadas as avós) ainda cozinha", revela a neta que, quando estudante, começou a trabalhar no restaurante de Alice Mesquita (Lago Norte), como garçonete. Ali, ela se sentiu fisgada pela gastronomia, trocou o uniforme pelo avental e foi para a cozinha preparar doces até decidir fazer o curso em Santa Catarina.

De volta a Brasília, Sayuri aceita encomendas de macarrons (R$ 3, a unidade), petit gâteau l'amour com nutella e calda de frutas vermelhas, que serve duas pessoas; bombons de chocolate belga pintados por pulverização e crème brulée de chá verde; além de bolos, tipo naked cake, a partir de R$ 90, o quilo. Pedidos pelo e-mail sweetsayuri.y@gmail.com e pelo telefone 8175-3883.

Aprenda a receita do fettuccine de frutos do mar:

Para o Bisque (caldo base):

Mirepoix (50 gramas de cebola, 50 gramas de salsão, 200 gramas de cenoura)
Páprica picante em pó à gosto
Conhaque 60 ml
Cabeça de camarão 300 gramas
Manteiga sem sal 50 gramas
Água

Modo de preparo:

Em uma panela alta, dourar os legumes na metade da manteiga. Juntar as cabeças de camarão e a páprica e deixar dourar. Flambar com o conhaque. Deixar secar todo o líquido. Cobrir com água e deixar cozinhando até o líquido reduzir à 1/3. Esmagar bem os legumes. Juntar os aromáticos nos últimos 20 minutos de cocção (aniz estrelado, semente de coentro, cardamomo, pimenta em grãos, talos de salsinha e cebolinha). Passar duas vezes pela peneira e reservar.

Para finalizar o molho:

Numa sautese grande, reduzir 300 ml de creme de leite fresco e adicionar aos poucos a base do molho. A quantidade fica ao seu gosto.

Para o fetuccine:

Frutos do mar (4 camarões rosa G, 1 tentáculo de polvo pré-cozido, 6 mariscos pré-cozidos, 100 gramas de lula cortada em anéis, utilizar os tentáculos)
50 gramas de manteiga sem sal
200 gramas de fetuccine cozido

Modo de preparo:

Saltear os frutos do mar na manteiga bem quente.

Montar a massa em um prato fundo, colocar uma concha do molho, adicionar os frutos do mar e finalizar com cebolinha cortada bem fina.

GATEAU L'AMOUR (Petit Gateau de chocolate para ser dividido)

125 gramas de manteiga sem sal
125 gramas de chocolate meio amargo 80%
3 ovos
½ xícara de açúcar
¼ xícara de farinha de trigo

Derreter o chocolate com a manteiga. Bater os ovos com açúcar até dobrar de volume. Juntar a calda de chocolate e, por último, a farinha. Untar com manteiga seis ramequins pequenos ou um grande e polvilhar com chocolate em pó. Colocar a massa e levar à geladeira por 1 hora. Assar em forno pré aquecido (200 graus) por 15 minutos. O centro deve ficar mole.

Servir com sorvete, calda de frutas vermelhas, creme de avelã, morangos, chantilly ou o que você preferir. Ou com tudo junto!

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK