Brasília-DF,
18/SET/2021

Chef Agenor Maia investe em produtos vindos do cerrado

Ele aproveita o ingrediente original da região e aplica a técnica francesa

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Rebeca Oliveira Renata Rios Publicação:24/07/2015 06:04
Agenor Maia gosta de levar sabores brasileiros a receitas estrangeiras (Bruno Peres/CB/D.A Press)
Agenor Maia gosta de levar sabores brasileiros a receitas estrangeiras
Não é de agora que o chef Agenor Maia investe em produtos vindos do cerrado. Ele aproveita o ingrediente original da região e aplica a técnica francesa. No caso do crème brûlée, Agenor optou por utilizar açúcar de baunilha-do-cerrado, além de surpreender com um toque de tomilho no creme da sobremesa.

"Fica um creme levemente ácido, por causa do tomilho, além de ser bem suave”, explica. Agenor explica que gosta de sobremesas ácidas: “A acidez facilita o paladar e ajuda na digestão”.

Para quem se interessou, o chef sugere o menu degustação de três etapas da casa (R$ 82). A entrada vem em um preparo típico italiano: parmegiana de vegetais, com berinjela e abobrinha empanadas ao molho de tomate e grana padano.

A surpresa para o prato principal fica por conta de filé de frango recheado com castanha, espinafre e ricota acompanhado de purê de batata-baroa. “A ideia foi abrasileirar. Além disso, esse é um prato mais leve, que contrasta com o primeiro”, explica.

Olivae
(405 Sul, Bl B, lj 6; 3443-8775), aberto segunda, das 12h às 15h; terça a quinta, das 12h às 15h, e das 19h30 às 23h; sexta, das 12h às 15, e das 19h30 à 0h; sábado, das 12h às 16h, e das 19h30 à 0h; e domingo, das 12h Às 17h.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK