Brasília-DF,
18/SET/2021

Saiba mais sobre o restaurante El Negro nas Favas Contadas da semana

Entraña, o suculento corte de carne marmorizada e novas franquias da casa estão entre os destaques

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Liana Sabo Publicação:03/10/2014 06:10Atualização:02/10/2014 14:45
Marcello Piucco assa carnes selecionadas na parrilla do El Negro
 (Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
Marcello Piucco assa carnes selecionadas na parrilla do El Negro
Por dentro da costela

Entraña é como se chama, em espanhol, suculento corte de carne marmorizada localizado na parte interna da costela bovina. Muito apreciado na Argentina, ele é nobre e escasso. Para se ter uma ideia, de cada boi, só se tira um quilo de entraña. Temperada apenas com sal grosso moidinho depois de selada de um lado e do outro na parrilla, a carne de sabor magnífico estreou no El Negro Lago, inaugurado esta semana na QI 17 do Lago Sul.

"Meu único processo é a parrilla, que tem de estar 15cm acima da brasa, por isso só uso carnes selecionadas", afirma Marcello Piucco, chef gaúcho responsável pelo cardápio da casa, cuja direção ele compartilha com mais dois sócios: João Luiz Clerot e Floriano Dutra Neto. Os três também são donos do primeiro El Negro, na 413 Norte.

De olho em Miami

Prevista para gastar 40 dias, a reforma do imóvel na esquina do edifício Fashion Park, que já foi sede de dois restaurantes - Alice Brasserie e Ares do Brasil - levou três meses. Satisfeitos com o resultado que "fez crescer o ambiente, embora o espaço seja o mesmo", os donos do El Negro já pensam em expandir a grife.

"Nosso objetivo é ter 10 restaurantes como este", declara Clerot. Além de ter planos de abrir filiais em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Campo Grande, a meta mais imediata é chegar a Miami. "Piucco, que já trabalhou nos Estados Unidos, tem, em Miami, pai, irmão e cunhado, capazes de tocar uma parrilla com a ajuda do chef, que todos os meses passaria lá alguns dias", vislumbra Clerot.

Carne de boutique


Carnes selecionadas das raças britânicas Angus e Hereford, fornecidas por frigoríficos estilo boutiques, são o diferencial da casa. Neste caso se incluem entraña argentina, o assado de tira uruguaio, o vacio premium, que é a fraldinha com pouca gordura, e o rolls royce dos cortes - o kobe beef. Trezentos gramas de kobe beef saem por R$ 190, enquanto a entraña sai por R$ 85.

Ainda há outras carnes, como galeto semidesossado com sal grosso e ervas (250g por R$ 33, e 500g por R$ 43), peito de frango com molho provençal e dois cortes de cordeiro: carré e paleta com geleia de menta, além de pescados, como salmão e lombo de bacalhau regado ao azeite com alho.

Escolta funcional


para equilibrar o aporte proteico trazido pelos assados, Piucco desenvolveu uma linha de novas guarnições leves e saudáveis, como a salada de quinoa em grãos temperada ao vinagrete com tomatinhos sweet grape. Há ainda um delicioso arroz integral com legumes.

É bom deixar um lugarzinho para a panqueca, cuja massa leva suco de laranja e é recheada de doce de leite argentino, flambada ao rum e servida com calda espessa de café espresso com sorvete de creme. Reservas pelo telefone: 3365-1292.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK