Brasília-DF,
22/AGO/2017

Começa a funcionar o contêiner do Madero em Águas Claras

Informal e atrativa, construção em contêiner promete ser uma das tendências para 2017. Na nova casa, preços são mais em conta que nos demais endereços do Plano Piloto

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Rebeca Oliveira Publicação:22/12/2016 12:19Atualização:22/12/2016 17:37

Informal, unidade começa a funcionar hoje  (Simão Leal )
Informal, unidade começa a funcionar hoje

%u201CNão vamos participar da crise%u201D. A frase poderia soar arrogante, mas os bons números da rede curitibana Madero comprovam que a constatação reflete a boa realidade da steak house. Os clientes têm sido generosos com a marca, criada pelo chef paranaense Junior Durski. Apenas em 2016, o Madero abriu 21 unidades no Brasil, duas delas em Brasília.

 

Depois da unidade do Pátio Brasil, inaugurada em meados de 2015, e a do Shopping ID, que passou a funcionar em agosto desse ano, chegou a Águas Claras a mais nova operação do grupo: o %u201CMadero Container%u201D. O evento de lançamento aconteceu na noite de quarta-feira (21/12), para convidados e imprensa, com a presença dos humoristas Diogo Portugal e Ricardo Pipo (do grupo Os Melhores do Mundo). A unidade fica na Avenida Castanheiras, esquina com a 26 Norte, próximo ao Shopping One; e funciona diariamente, das 11h às 23h.

 

Estrutura

Interior do contêiner  (Simão Leal )
Interior do contêiner

Construído em oito contêineres e com capacidade para 123 pessoas, o modelo já existe em outros estados e segue tendência que começa a dar as caras no Distrito Federal. O ponto forte são os hambúrgueres e sanduíches, com preço mais em conta que o dos outros endereços do Plano Piloto.

 

O que leva o nome da casa, com carne pura, alface, cebola e tomate frescos, queijo cheddar especial e maionese artesanal sai por R$ 35, com fritas. Em 2017, outros três shopping de Brasília devem receber novas unidades, dentre os quais o Pier 21, no Setor de Clubes Sul.

 

Em alta

Sob comando dos chefs Bruna Prieto, da confeitaria Las Pitangas, e do argentino Lucas Arteaga, um dos sócios do buffet Umami, a hamburgueria Páprica Burger também funciona em formato de contêiner. Apesar de, por fora, manter a pegada industrial, no interior, o visual é caprichado, com assinatura do escritório de arquitetura Studio Valéria Gontijo.

 

A opção arquitetônica tem ganhado projeção em Brasília desde que o Buraco do Jazz levou apresentações do gênero musical para a 214 Sul na companhia do charmoso %u201Ccaixote%u201D de metal do Container Bar, serviço nômade que servia quitutes, drinques e brejas artesanais.

 

Pioneira

Há um ano, a chef Renata Carvalho, do Ancho Bistrô de Fogo, já havia aberto o Bar dos Fundos com estética semelhante. Todos têm como ponto comum uma cozinha low profile, com cardápio acessível e despretensioso.

 

Esta, aliás, é uma das apostas gastronômicas para 2017, levando em consideração que muitas pessoas, por conta da crise, não dispõem de muitos recursos para gastar com o o almoço ou jantar. E nem por isso precisam se recolher em casa.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK