Brasília-DF,
22/OUT/2021

Tradicionais seriados familiares ganham roupagem mais moderna

"Modern family" e "The middle" se destacam as problemáticas familiares e histórias engraçadas

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Juliana Figueiredo - Especial para o Correio Publicação:02/03/2014 06:00
Modern family debate temas como a sexualidade e o preconceito com muito humor (Fox/Divulgação)
Modern family debate temas como a sexualidade e o preconceito com muito humor

A família é um dos temas mais explorados na televisão. Diversas séries marcaram o público, como Três é demais, responsável por revelar as gêmeas Mary-Kate e Ashley Olsen; Um amor de família, sitcom sobre uma problemática família de Chicago;  e Blossom, a história de uma adolescente de 15 anos, inteligente, sarcástica e fora dos padrões convencionais.

Com o passar dos anos, a composição das famílias e os problemas se modificaram, e os seriados acompanharam essas transições, buscando a identificação dos espectadores com a história. Mesmo que o cotidiano familiar da classe média americana seja muito distante dos brasileiros, o editor-chefe do Série Maníacos, Michel Arouca, conta que isso não atrapalha o sucesso dessas produções no Brasil.

“É um mistura de curiosidade com admiração pelo fato de ser uma realidade muito distante para a maioria. Essas séries nos atraem simplesmente porque gostamos de rir das desventuras e dos absurdos alheios”, opina Arouca. Nesta edição, o TV+ apresenta séries familiares que estão fazendo sucesso.

Exageros e esquisitices em casa

“Nas comédias, as famílias costumam aderir a alguns estereótipos, de uma forma mais intensificada e exagerada, exatamente para poder criar situações cômicas. Em Modern family, os pais superprotetores usam drones para vigiar os filhos”, reflete Michel Arouca. Modern family é, sem dúvida, a principal série familiar no ar. A produção é queridinha do público e da crítica, tendo vencido o Emmy de Melhor Série de Comédia nos últimos quatro anos.
Em The middle, a rotina familiar é mostrada com ares de comédia (Warner/Divulgação)
Em The middle, a rotina familiar é mostrada com ares de comédia

A família moderna é formada por três núcleos. No principal, estão Jay Pritchett (Ed O'Neill) e a nova esposa, Gloria (Sofía Vergara), uma colombiana muito mais jovem que ele e defensora árdua do filho Manny (Rico Rodriguez), um pré-adolescente atípico e sonhador. Nos outros dois núcleos estão os filhos de Jay: Claire Dunphy (Julie Bowen) e Mitchell Pritchett (Jesse Tyler Ferguson).

Enquanto Claire é casada e tem três filhos, Mitchell é gay e adota um bebê vietnamita com o parceiro Cameron (Eric Stonestreet). As excentricidades da família podem ser conferida nos domingos, às 10h, na FOX.

Outra comédia familiar de sucesso é The middle, série protagonizada pela mãe e heroína Frankie Heck (Patricia Heaton), que tem que se desdobrar para cuidar do marido e de três filhos pouco normais: o semi-nudista Axl, a esquisita Sue e o estranho Brick, cuja melhor amiga é a mochila de escola. Os personagens, apesar de clássicos estereótipos americanos, são marcantes e tornam hilária a luta diária de uma família de classe-média em busca de uma vida melhor. A série é exibida na Warner, aos sábados e aos domingos, em episódios duplos, às 9h50.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK