Brasília-DF,
27/MAI/2020

Premiado filme 'Eu, Tonya' é a atração deste sábado no Telecine Touch

Em clima da principal premiação do cinema norte-americano, o contemplado 'Eu, Tonya' é exibido no Telecine

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Correio Braziliense Publicação:07/02/2020 06:00Atualização:06/02/2020 23:13
Margot Robbie tem atuação marcante no longa
 (Internet/Reprodução)
Margot Robbie tem atuação marcante no longa

Atuações dramáticas e histórias reais são muito bem-vistas pelos votantes da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, assim como mudanças corporais, incluindo emagrecimento. Eu, Tonya, filme de 2017, conquistou o respeito da Academia trazendo uma história real com atuações dramáticas e mudanças nas atrizes, principalmente com a maquiagem.

A ficção que conta em formato de documentário a história da patinadora norte-americana Tonya Harding, da glória ao esquecimento. A atleta chegou a ser considerada uma das esperanças olímpicas do país, mas se perdeu em problemas pessoais. Ela é a personagem principal da comédia com muito apelo dramático nas interpretações.

O filme recebeu muita atenção na temporada de premiações de 2018 e foi levado ao ápice por duas atrizes que faziam mãe e filha. Allison Janney que viveu LaVona Harding, mãe da protagonista, saiu vencedora da maioria dos prêmios de melhor atriz coadjuvante da época, incluindo o Oscar, enquanto Margot Robbie que interpreta a protagonista, Tonya, concorreu a diversas das premiações, porém não saiu vencedora. O filme foi contemplado também com a indicação de Melhor edição no Oscar e Melhor filme de comédia ou musical no Globo de Ouro.

A fita é exibida um dia antes da premiação da Academia, que ocorre, neste domingo, no Dolby Theatre, em Los Angeles. É uma boa oportunidade de esquentar para o Oscar. Além disso, Margot Robbie, protagonista do filme, concorre à sua estatueta na edição de 2020, pela atuação coadjuvante do longa O escândalo.

Serviço

Eu, Tonya
Neste sábado (8/2), às 22h, no Telecine Touch. Não recomendado para menores de 14 anos.



TV Aberta


Sexta
 
De repente 30
(Globo, 15h10)
Em 1987, maltratada pelos colegas na sua festa de 13 anos, garota sonha em ser adulta e acorda em 2004, com 30 anos, como uma poderosa editora de revista de moda em Nova York. Contudo, logo se decepciona.

Sábado

Armadilhas do amor
(Band, 16h)
Louise decide fazer uma surpresa para seu marido Ian na casa de campo deles, mas descobre que ela é quem foi surpreendida quando Ian decora a casa para um fim de semana romântico com uma amante. As coisas fogem do controle quando a protagonista amarra o parceiro para que possam conversar.

Domingo

Meu Japão brasileiro
(TV Brasil, 16h)
Fofuca é um caipira agricultor que enfrenta a exploração de um empresário em uma comunidade nipo-brasileira. O caipira se junta aos imigrantes japoneses, que fundam uma cooperativa para lutarem pelos próprios direitos.


TV Fechada


Sexta

V de Vingança
(HBO2, 19h50)
A Inglaterra vive sob uma ditadura que controla tudo. Menos um mascarado conhecido como V. Quando V leva Evey para um esconderijo, lhe mostra livros, músicas e um mundo de coisas proibidas. Juntos, então, eles lutam por uma sociedade justa.

Sábado

Titanic
(Megapix, 23h)
A bordo do luxuoso transatlântico, Rose, uma jovem da alta sociedade, se sente pressionada com a vida que leva. Ao conhecer Jack, um artista pobre e aventureiro, os dois se apaixonam. Mas eles terão que enfrentar um desafio ainda maior que o preconceito social com o destino trágico do navio.

Domingo

As vantagens de ser invisível
(Telecine Touch, 22h)
O ingênuo Charlie tem 15 anos e se sente excluído no novo colégio. Ele terá que lidar com as usuais dores da adolescência, como o primeiro amor, e outras não tão usuais, como o suicídio do melhor amigo.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK