Brasília-DF,
22/SET/2017

Série aristocrática Downton Abbey é sucesso de público e crítica

A produção britânica nunca teve uma marca menor que 7 milhões de espectadores no episódio de estreia de cada temporada e é dona de 12 indicações ao Emmy deste ano

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Adriana Izel Juliana Figueiredo Publicação:09/11/2014 06:01Atualização:07/11/2014 14:28

 Downton Abbey é a rica propriedade da família Crawley (GNT/Divulgação)
Downton Abbey é a rica propriedade da família Crawley
Dona de 12 indicações ao Emmy deste ano (incluindo a de Melhor série dramática e uma para Michelle Dockery de Melhor atriz em papel principal), Downton Abbey é uma das séries épicas mais aclamadas da televisão. Desde 2010, quando foi ao ar pela primeira vez, a produção britânica nunca teve uma marca menor que 7 milhões de espectadores no episódio de estreia de cada temporada. Sucesso de público e crítica, a trama acompanha a luta da aristocrática família Crawley para manter o legado de Downton Abbey, propriedade fictícia que pertence ao conde de Grantham.

A primeira temporada começa com a notícia do naufrágio do Titanic, em 1912. Após a morte de um parente que estava a bordo do navio, Robert Crawley (Hugh Bonneville) descobre que o novo herdeiro da propriedade é um sobrinho distante, Matthew Crawley (Dan Stevens), advogado com pensamentos modernistas. Enquanto Robert e sua esposa, Cora (Elizabeth McGovern), se preocupam com o futuro das suas filhas, os empregados da mansão trabalham para manter a rotina da família.

Na segunda temporada, Matthew Crawley, Thomas Barrow e William Mason são recrutados para combater na Primeira Guerra Mundial. Lady Sybil, que nunca valorizou as crenças de superioridade da alta sociedade, torna-se uma enfermeira voluntária e ajuda a cuidar dos soldados feridos na guerra. Tom Branson, motorista dos Crawley, simpatiza com a causa socialista e não deseja lutar pela Inglaterra. No fim, a família Crawley é convencida a transformar Downton Abbey em um local de repouso para oficiais em recuperação, o que muda a rotina da família e dos criados.

A partir da terceira temporada, começa uma acelerada transformação histórica, na qual a tradicional Inglaterra dividida entre nobres e servos dá lugar, aos poucos, a um país dinâmico, transformado pelo cenário do pós-Primeira Guerra Mundial. As mudanças prometem se intensificar na quinta temporada, quando a liberalização dos costumes, as possibilidades de ascensão social e a maior participação feminina entram na agenda. Apesar de já ter estreado no Reino Unido, a nova temporada só chega ao Brasil em junho de 2015, no GNT. Até lá, é possível assistir às três primeiras no Netflix.


Vote na enquete e escolha a melhor série épica

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK