Brasília-DF,
16/DEZ/2017

Série Super Vicky explorou temas humanos sob a ótica de um robô

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ataide de Almeida Jr. Publicação:23/11/2014 06:42

O robô era tratado como uma menina adotada pela família de seu inventor (ABC/Reprodução)
O robô era tratado como uma menina adotada pela família de seu inventor


A ideia de ter robôs em casa para fazer todo o trabalho doméstico já existia bem antes dos atuais protótipos. Na década de 1980, vários filmes e séries tentaram adiantar como seria isso, mas nenhuma delas contava com o carisma de Vicky, ou melhor a V.I.C.I. (sigla de Robô com entrada de voz infantil, na tradução para o português). A estrela do seriado Super Vicky, produzido entre os anos de 1985 e 1989, era uma androide — com feições de uma garota de 10 anos — construída pelo engenheiro Ted Lawson, especializado em robôs.

A história era simples. Após o processo de fabricação da robô, Ted decide levá-la para casa a fim de colocá-la em contato com os humanos, mas sem revelar a “identidade” verdadeira dela. Assim, ele inventou que Vicky foi adotada.

O desafio, no entanto, era esconder — principalmente dos vizinhos — que a jovem tinha habilidades de um androide, como excesso de força e ultravelocidade. Por vezes, era preciso inventar alguma mentira para esconder isso de Harriet Brindle, que morava ao lado, e aparecia de surpresa na casa. Harriet, inclusive, tinha uma paixão por Jamie Lawson, único filho de Ted.

Apesar de parecer bobo, o seriado trazia à tona algumas questões importantes. A primeira delas é de que todos devem ser tratados igualmente, independentemente de qualquer origem. Quem defendia isso no seriado era a matriarca da família Joan Lawson.

Além disso, o comportamento humano em algumas situações era um dos focos. Vicky, por vezes, criticava atitudes, ações e até frases ditas pelos familiares, levando-as ao pé da letra. Era fácil para ela não entender, por exemplo, o motivo de se falar mal um do outro pelas costas.

Nos Estados Unidos, Super Vicky, que tinha o nome original de Small Wonder, foi exibido de 7 de setembro de 1985 a 20 de maio de 1989. Por aqui, o seriado foi transmitido pela TV Globo, na Sessão Comédia, e reprisado aos domingo pela manhã. Em 1993, seguiu para a TV Record e saiu do ar em 1995.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK