Brasília-DF,
20/SET/2017

Depois das telonas e dos palcos, Trair e coçar é só começar vira série de tevê

A atração, gravada no recém-reformado Teatro Adolpho Bloch, com uma plateia de 250 pessoas, é exibida de segunda a sexta

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Adriana Izel Juliana Figueiredo Publicação:30/11/2014 06:02Atualização:28/11/2014 14:18
Em Trair e coçar é só começar, casal separado mora no mesmo prédio e causa diversas confusões entre moradores
 (Márcio Nunes/TV Globo)
Em Trair e coçar é só começar, casal separado mora no mesmo prédio e causa diversas confusões entre moradores
Depois de estrear nos cinemas, em 2006, a peça Trair e coçar é só começar, em cartaz há 29 anos e com uma plateia acumulada de mais de 6 milhões de pessoas, virou série televisiva em uma adaptação livre e original, também comandada pelo criador, o ator e autor Marcos Caruso. A atração, gravada no recém-reformado Teatro Adolpho Bloch, antigo Teatro Manchete, no Rio de Janeiro, com uma plateia de 250 pessoas, é exibida de segunda a sexta, às 22h30, no Multishow.

A atriz Cacau Protásio encarna Olímpia, uma doméstica estabanada e xereta que trabalha na casa de Eduardo (Cássio Scapin) e Inês (Márcia Cabrita), casal que decide se separar por conta de um desgaste no relacionamento. Eduardo, então, se muda para a cobertura, e a fiel Olímpia passa a trabalhar para os dois, subindo e descendo as escadas, levando e trazendo informações equivocadas. Traída pela ingenuidade - do tipo que leva tudo "ao pé da letra" -, a funcionária torce por uma reconciliação, mas acaba colocando os patrões em altas confusões.

"A Olímpia é uma mulher meiga, calma, doce. Ela quer abraçar o mundo e tem um coração enorme. Só atrizes feras fizeram esse personagem, só tenho ótimas referências. A Adriana Esteves fez a Olímpia no cinema. Já trabalhamos juntas, ela é uma pessoa que me inspira muito", conta Cacau.

Longevidade

Trair e coçar é só começar está no Guiness, o livro dos recordes, como a peça de teatro com mais tempo em cartaz.

Nas telonas

No cinema, o trio de personagens principais foi vivido por Adriana Esteves (Olímpia), Bianca Byington (Inês) e Cássio Gabus Mendes (Eduardo).

Elenco
Daniele Valente, Gorete Milagres, Marcelo Flores e Vinicius Marins completam o elenco da série, que tem direção de César Rodrigues e Caetano Caruso.

Confira o trailer de Trair e coçar é só Começar!

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK