Brasília-DF,
18/OUT/2017

Estreia de Conselho Tutelar marca novo mergulho nas séries ficcionais

Produção aborda a realidade de vítimas de maus-tratos e negligência. Programa será exibido até sexta-feira, às 23h30

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Diário de Pernambuco Publicação:01/12/2014 11:16Atualização:01/12/2014 10:37
Especial de fim de ano 'Conselho Tutelar' aborda temas polêmicos (Munir Chatack/Record)
Especial de fim de ano "Conselho Tutelar" aborda temas polêmicos
Após a experiência bem-sucedida de Plano alto, a TV Clube/Record lança mais uma aposta no universo de séries ficcionais. Com cinco episódios, Conselho Tutelar é inspirada em fatos reais. A produção abordará a realidade de crianças e adolescentes vítimas de maus-tratos e negligência. A série merece a atenção pelo tema, pouco abordado na teledramaturgia brasileira, e pelas cenas impactantes e dramáticas. Será exibida até sexta-feira (5), às 23h30.

Criada por Marco Borges e Carlos de Andrade e com direção-geral de Rudi Lagemann, a trama narra a história dos conselheiros tutelares Sereno (Roberto Bomtempo) e César (Paulo Vilela). Ainda no elenco, Paulo Gorgulho, Lucinha Lins e Petrônio Gontijo. Entre os personagens dramáticos, Lucinha interpretará Vera, uma médica que agride a filha adotiva.

Outra personagem recorrente será a psicóloga Ester, interpretada por Andréa Neves, cujo trabalho visa solucionar casos de violência contra menores de idade.

As imagens possuem um tom mais realista. As cenas foram captadas em câmeras 4K, cuja qualidade é quatro vezes superior a HD. Cada episódio terá duração de 45 minutos e destacará um caso, que será concluído no mesmo capítulo. A produção foi rodada no Rio de Janeiro, com locações.

Assista ao teaser de Conselho Tutelar:

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK