Brasília-DF,
21/OUT/2017

Programas que envolvem mágica e ilusionismo fazem sucesso na televisão

David Blaine, Criss Angel e, no Brasil, Mister M, cumpriram papéis decisivos para a divulgação da mágica

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:11/01/2015 07:25
DMC dá nova roupagem a mágicas antigas (National Geographic Channels/Divulgação)
DMC dá nova roupagem a mágicas antigas

O interesse das pessoas por aquilo que é misterioso talvez seja tão antigo quanto a própria existência humana. Ainda na década de 1950, o mágico James Mark Wilson foi pioneiro ao transmitir um programa de mágica. Em 1954, o programa Time for magic (É hora de mágica, em tradução livre) ganhou fama nacional quando a televisão ainda era um veículo relativamente novo. Desde então, a magia se perpetuou em programas cada vez mais sofisticados e com mais repercussão.

Atualmente, programas de televisão continuam explorando a temática. No canal National Geographic, chama a atenção o Para lá da magia com DMC; já no Discovery, dois programas têm espaço na programação: Dynamo: mágica impossível e o Rei do truque. No primeiro, o mágico Drummond Money-Coutts (DMC) explora o mundo da ilusão, no qual a perspectiva e a percepção convergem para enganar o cérebro. O ponto alto é que ele dá um nova roupagem a ilusões famosas, o que acaba por renovar um truque já conhecido pelo público.

Já o mago Steven Frayne, ou Dynamo, está nas principais cidades do mundo e faz os truques em frente às câmeras para pessoas que estão simplesmente caminhando pelas ruas. Entre uma mágica e outra, Dynamo revela histórias do passado, como aprendeu a fazer as ilusões, além de contar com participações de personalidades.

O Rei do Truque tem uma dinâmica parecida com a de Dynamo. Nele, o mágico Ben Hanlin vai para as ruas e realiza as mágicas com o público e com famosos, mas também faz truques com câmeras escondidas — como se fossem as tradicionais pegadinhas da televisão.

No último domingo, foi a vez de uma emissora nacional apresentar uma atração para os fãs de mágica: Truque VIP é o mais novo quadro do Domingão do Faustão e conta com a presença de celebridades que assumem o papel de ilusionistas, sem o auxílio de profissionais nas apresentações. A primeira edição do programa contou com o cantor Thiaguinho, a ex-jogadora de basquete Hortência e os atores Fernanda Vasconcellos e Murilo Rosa.

Popularização do mistério

Nomes como David Blaine, Criss Angel e, no Brasil, Mister M, cumpriram papéis decisivos para a divulgação da mágica enquanto entretenimento. O último, ficou nacionalmente conhecido por suas apresentações que aconteciam no programa Fantástico em 1999. O norte-americano Val Valentino era o nome por trás da máscara. Para aumentar o suspense, a identidade do misterioso personagem permaneceu oculta ao longo do quadro. Valentino realizava números de ilusionismo e depois os desvendava diante das câmeras, demonstrando o passo a passo de cada mágica de seu repertório. O quadro foi duramente criticado por outros mágicos.

Os americanos David Blaine e Criss Angel levaram a ilusão a outro nível, com apresentações que surpreendiam espectadores pelo grau de inovação e pela ausência de um lugar propício para o feitio dos truques: assumiram um roteiro de programa que interagia diretamente com pessoas comuns, escolhendo pessoas aleatórias em locais públicos e apresentando números cada vez mais ousados. Sem revelar os métodos, alimentavam o suspense e o mistério em torno dos truques.

Serviço

Dynamo: mágica impossível
Discovery Channel
Segunda, às 22h20.


Para lá da magia com DMC
National Geographic,
Segunda, às 21h20.


Rei do truque
Discovery Channel,
Segunda, às 20h40.


Truque VIP
TV Globo
Domingo, às 18h.
Tags: celular

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK