Brasília-DF,
28/NOV/2021

Restauração, personalização e vendas de carros são temas de séries na tevê

Em "Automaníacos" e "Negociador de Carros", o importante é o processo de recuperação dos automóveis, depois o veículo vai a leilão

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ataide de Almeida Jr. Publicação:01/02/2015 06:02
Negociador de carros: automóvel é reformado e, depois, leilado (Discovery/Divulgação)
Negociador de carros: automóvel é reformado e, depois, leilado
Não adianta fugir. Quem trabalha com restauração ou personalização de carros quer mesmo é ganhar dinheiro com as verdadeiras obras de arte que produz. Nessa área, está o ex-piloto Dennis Pittensbarger, que, ao lado do mecânico Slick, negocia com donos de veículos antigos para restaurá-los em Negociador de Carros. Depois de todo trabalho feito, o automóvel vai a leilão.

Nessa hora, Pittensbarger faz uma proposta ao proprietário: ele fica com parte do valor arrecado - que nem sempre é o que se esperava - ou volta para casa com o carro pagando um preço menor que o conseguido nos lances. O que fala mais alto, na maior parte das vezes, é a paixão pelo automóvel.

Lucro também é o que busca Jeff Allen e Perry Barndt. Em Automaníacos, os dois viajam pelos Estados Unidos para comprar e, claro, vender carros a um bom preço. As negociões são o ponto alto do programa, principalmente porque Jeff trata disso com o pai, Tom Souter, que tem uma loja na mesma região que a dele.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK