Brasília-DF,
15/DEZ/2017

Mark Ruffalo se consolida no cinema comercial e ainda consegue espaço na tevê

Neste ano, ele foi indicado ao Oscar pelo papel em Foxcatcher, como melhor ator coadjuvante

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Adriana Izel Publicação:08/02/2015 06:35Atualização:06/02/2015 12:59
O ator fez a estreia na televisão no ano passado com o telefilme The normal heart
 (Larry Busacca/Getty Images/AFP)
O ator fez a estreia na televisão no ano passado com o telefilme The normal heart
Até pouco tempo atrás Mark Ruffalo era conhecido pelo público pela atuação em comédias românticas — dignas da Sessão da Tarde — como De repente 30 (2004) e E se fosse verdade (2005). No entanto, desde o lançamento do filme Os vingadores, em 2012, o ator, que não era visto como escolha natural para viver o personagem Bruce Banner (Hulk) no longa, conquistou os espectadores e, consequentemente, ganhou mais espaço no cinema comercial e até na televisão.

No ano passado, Ruffalo emocionou ao dar vida ao escritor Ned Weeks no telefilme The normal heart, exibido no Brasil pela HBO. O longa conta a história de Weeks, ativista no combate à Aids no início da década de 1980. Com direção de Ryan Murphy (Glee e American horror story), The normal heart é inspirado na vida de Weeks e no texto da peça de Larry Kramer que fala sobre a epidemia que se alastrou na comunidade gay. O longa ainda tem Julia Roberts, Matt Bomer e Jim Parsons no elenco.

A atuação garantiu ao astro o prêmio de melhor ator em série ou minifilme de televisão no SAG Awards. Ruffalo não foi receber a estatueta, mas fez questão de agradecer via twitter. “Finalmente, mas não tarde demais. Obrigado a todo por apoiarem o filme e a mim em todos esses anos”, escreveu.

Neste ano, Mark Ruffalo tem chance de aumentar a coleção de estatuetas. Ele foi indicado ao Oscar pelo papel em Foxcatcher, como melhor ator coadjuvante. O filme, de Bennett Miller, retrata a história do campeão olímpico de luta greco-romana Mark Schultz (Channing Tatum), que sempre treinou com o irmão mais velho David (papel de Ruffalo).

Primeiros passos

Formado na Stella Adler Conservatory, tradicional escola de atores, Mark Ruffalo teve uma certa dificuldade até conseguir engatar de vez na carreira. Ele estava prestar a desistir trabalhando como bartender, quando estreou a peça This is our youth, na chamada Off-Broadway, em 1996.

Já o reconhecimento na telona veio em 2000 após protagonizar Conte comigo. Deste então atuou em Brilho eterno de uma mente sem lembranças, Ilha do medo, Truque de mestre, O ensaio sobre a cegueira e Zodíaco. Atualmente, ele tem contrato garantido para viver o Hulk em pelo menos mais cinco filmes do universo Marvel.
    • 06/02/2015
    • Tevê - Relembre os papéis da carreira de Mark Ruffalo
descrição

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK