Brasília-DF,
18/OUT/2017

Morte de Cristiano Araújo abre espaço para programas explorarem a dor

Gugu e Ratinho dedicaram os respectivos programas para angariar pontos de audiência

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Vinicius Nader Publicação:28/06/2015 08:09
 (Chico Audi/Divulgação, Lourival Ribeiro/SBT)

Semana passada os telespectadores foram apresentados a uma overdose do sertanejo Cristiano Araújo, que morreu na quarta num acidente de carro. Não discuto aqui o mérito de o falecimento de maneira abrupta de um cantor jovem ser tema da programação. Mas, sim, o espaço dado ao fato no horário nobre. Nada a ver com vontade de reviver a meteórica e bem-sucedida carreira do rapaz. O que Gugu e Ratinho queriam era explorar a comoção popular e angariar pontos de audiência.

A estratégia parece ter dado certo. Os dados preliminares apontaram que os programas alcançaram média de 9,6 e 8,6 pontos, respectivamente. Na quarta anterior os números foram bem menores: 7,3 para a Record e 6,5, para o SBT.

Gugu dedicou todo o programa a Cristiano, lembrando as várias passagens do cantor em seu programa. Levou fãs mirins (!!) ao palco para lembrar momentos em que cantaram com Cristiano. O telespectador deve ter chorado. De raiva.

Se, insensível, não chorou e mudou para o programa comandado por Ratinho, deu de cara com... Cristiano Araújo!  Sobrou até para Deus, questionado pelo pai do cantor no doloroso (e presumidamente íntimo) momento em que recebeu a notícia da morte. Sim... as imagens de familiares e amigos recebendo a notícia foram exibidas à exaustão. O telespectador deve ter chorado. De ódio.

Alheia à comoção, surpreendentemente, estava Luciana Gimenez e o seu Superpop. Ela simplesmente seguiu a vida em frente e apenas mencionou que estava triste com a morte do cantor. Ponto para a morena. Ponto mesmo... apenas um, na audiência. Quem chorou agora foi Luciana. Espero que dá próxima vez, ela não se renda à exploração da dor do outro.



Tags: celular

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK