Brasília-DF,
21/OUT/2017

Programa "Almoço com as estrelas" durou 23 anos e trouxe convidados especiais

Almoço com as estrelas ficou no ar de 1956 a 1980 na Tupi

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ataide de Almeida Jr. Publicação:05/07/2015 08:00


Além de inaugurar a televisão brasileira, Lolita Rodrigues foi responsável por um dos programas de maior duração e sucesso na tevê Tupi. O Almoço com as estrelas ficou no ar por 23 anos. A atriz, ao lado do marido Aírton Rodrigues, comandou a atração por 23 anos ininterruptos — contabilizando mais de 2.204 edições.

O programa era a cópia de uma atração do rádio da Argentina, na qual os convidados almoçavam enquanto a atração era transmitida. Chegou aqui também pelas ondas do rádio, pela Rádio Difusora e era apresentado pelo conhecido locutor Arnaldo Arnold, apenas para São Paulo. Cassiano Gabus Mendes, na época diretor artístico da Tupi, recebeu a proposta para que o formato fosse adaptado para a televisão e aceitou o pedido.


O formato era simples. Uma mesa em forma de “u” era colocada no estúdio e vários artistas eram chamados para almoçar no programa, que tinha exibição sempre às 12h30. As celebridades, então, eram entrevistadas e curtiam as atrações musicais e matérias exibidas nas três horas e meia de programa. Algo parecido fez o apresentador Fausto Silva, no Domingão do Faustão, quando ele convidou celebridades da emissora para participar de um quadro chamado Pizza do Faustão.


Segundo os apresentadores contaram em entrevistas, o formato deu certo porque, naquele horário, os artistas não tinham compromissos formais, como shows ou apresentações. Desta forma, era comum ver estrelas da música, como Adoniran Barbosa, Elis Regina, Caetano Veloso e Gal Costa, na atração. Além deles, personagens do esporte, como Pelé, e até políticos queriam estar no show.


Além de São Paulo, que tinha o casal Lolita e Aírton como apresentadores, entrou no ar uma versão carioca, comandada por Aérton Perlingeiro — também conhecido por sua atuação no rádio —, e em Curitiba, apresentado por Kar Maya. Vale lembrar que, à época, ainda não havia transmissão em rede pelas emissoras. Por isso, a necessidade de ter vários programas com mesmo título em praças diferentes.


Almoço com as estrelas ficou no ar de 1956 a 1980 na Tupi. Depois de os apresentadores saírem da Tupi, Silvio Santos convidou o casal para apresentar o programa na antiga TVS. Com a separação do casal, em 1982, a atração ficou inviável e foi desfeita.

 

Saiba mais

 

Chapéu
Com tanto tempo de duração, é natural que o programa tenha deixado legados para a televisão. Um deles foi o quadro Para quem você tira o chapéu, hoje, apresentado por Raul Gil. A atração surgiu em 1974, 18 anos após a estreia do Almoço com as estrelas, e foi criado por José Messias, que foi compositor, escritor, apresentador e produtor de programas. Messias também foi jurado do Raul Gil. Ele morreu em 12 de junho deste ano.

Cores
O Almoço com as estrelas foi o primeiro programa da Tupi exibido a cores. Mas não é considerada como a primeira transmissão a cores do país, pois antes disso a Excelsior apresentou o programa Moacyr Franco Show. No entanto, poucos viram essas duas atrações, porque os aparelhos com essa tecnologia ainda eram caros e deveriam ser importados.

Lolita
Lolita Rodrigues, ou Sílvia Gonçalves Rodrigues Leite, tem uma história interessante com a televisão brasileira. Logo na estreia da Tupi, a atriz substituiu Hebe Camargo, que deveria cantar o Hino Nacional da Televisão. Depois, apresentou o Almoço com as estrelas e o Clube dos artistas. Além disso, fez mais de 30 novelas e filmes.

 

 

 

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK