Brasília-DF,
21/OUT/2017

Apresentadoras se destacam à frente de atrações da televisão e querem ser nova Hebe

Irreverência para isso não falta a Luciana. Coragem não falta a Adriane. Carisma não falta a Xuxa. Mas nenhuma delas reúnem tudo isso como Hebe fazia

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Vinicius Nader Publicação:05/07/2015 08:05Atualização:04/07/2015 19:35

Adriane Galisteu e Luciana Gimenez: a luta pelo sofá de Hebe (Gustavo Scatena/Divulgação)
Adriane Galisteu e Luciana Gimenez: a luta pelo sofá de Hebe


Não é de hoje que as mulheres dominam a apresentação de programas na televisão brasileira. Em entrevista ao Roda viva da semana passada, Ana Maria Braga lembrou que todas as que estão hoje no comando de atrações próprias devem muito à “genialidade” e ao “pioneirismo” de Hebe Camargo.


A apresentadora do matinal Mais você é a primeira a aparecer nas manhãs da maior emissora do país. A ela se seguem Mariana Ferrão, à frente do Bem estar ao lado de Fernando Rocha, e Fátima Bernardes, que trocou a bancada do Jornal nacional pelo Encontro com Fátima Bernades, no qual media conversas informais e protagoniza cenas típicas de programas de auditório como quando cai na dança ao lado de convidados.


O Jornal nacional, aliás, parece render bons frutos para o entretenimento. Além de Fátima outras duas jornalistas fizeram a mesma troca: Ana Paula Padrão bomba na internet com a segunda temporada de MasterChef Brasil, que deixou Band na vice-liderança de audiência durante 40 minuitos terça passada; e Patrícia Poeta está perto de estrear o É de casa, atração de sábado na Globo na qual deverá ter um quadro sobre relacionamentos.


A procura por uma nova Hebe parece dar o norte à carreira de algumas das platinadas da tevê. Adriane Galisteu costuma espalhar aos quatro ventos que a pioneira era madrinha dela e que ouviu da própria Hebe que seria a substituta perfeita. Só falta combinar isso com as emissoras, que deixam a loira em geladeiras intermináveis. Quem também está na fila e não esconde de ninguém a inspiração é Xuxa. Protagonista de uma das mais comentadas trocas de emissora dos últimos tempos, a ex-Rainha dos Baixinhos vai se dedicar, agora na Record, a um sonho antigo: um programa de entrevista com estreia marcada para agosto, provavelmente com o nome Xuxa Meneghel.


Se a descontração e a falta de papas na língua eram marcas de Hebe quem desponta como sucessora é Luciana Gimenez. A morena comanda dois programas na Rede TV: Superpop e Luciana by night. É no segundo que Luciana deixa a verve de entrevistadora mais solta e recebe – num sofá, claro – nomes como Helô Pinheiro para uma conversa sobre a carreira e outros assuntos, que chegam até a política. Falta só levar um bolo de mosca para Paulo Maluf.


Irreverência para isso não falta a Luciana. Coragem não falta a Adriane. Carisma não falta a Xuxa. Mas nenhuma delas reúnem tudo isso como Hebe fazia. Por isso, mesmo com comandantes dos mais diferentes estilos e emissoras no ar, o sofá da maior showwoman da tevê nacional está vago.

 

Novas Hebes?

Escolha o estilo da próxima Hebe:

» A sem sal Angélica (Estrelas – Globo)
» A politizada Astrid (Saia justa – GNT)

» A sem carisma Eliana (foto) (Eliana – SBT) 

» A ousada Fernanda Lima (Superstar – Globo)
» A cabeça Marília Gabriela (Marília Gabriela entrevista – GNT)
» A irreverente Regina Casé (Esquenta – Globo) 
» A divertida Sabrina Sato (Programa da Sabrina – Record)

 

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK