Brasília-DF,
16/DEZ/2017

Angela Bassett fala sobre a série Reakthrough: Bem-vindo ao futuro

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Vinicius Nader Publicação:22/11/2015 06:00Atualização:20/11/2015 12:51

 (MARK DAVIS)
 

Direção de peso
Estreou no último dia 7 a primeira série do National Geographic produzida em parceria com a GE. É Breakthrough – Bem-vindo ao futuro sobre pesquisadores científicos e instituições que apostam em avanços de ponta para mudar o futuro. O grande diferencial da produção está ligado à direção dos episódios, que contou com estrelas de Hollywood como Peter Berg, Paul Giamatti, Akiva Goldsman, Angela Bassett (foto), Ron Howard e Brett Ratner.

Nas próximas semanas serão exibidos os capítulos A fonte da juventude, com direção de Howard (28/11); Energia do limite, com Goldsman (5/12); e A crise de água, dirigido por Angela Bassett (12/12). À Spoiler a atriz contou sobre a experiência de dirigir a trama.

Você vê uma solução para a crise de água?
Para soluções você precisa de recursos, dinheiro por trás, ou o governo tem ir e dar seu “ok”. As pessoas em suas casas precisam estar conscientes. Então, eu acho que as soluções são variadas e todos nós podemos contribuir.

Você acredita que a série pode inspirar os espectadores a tomar uma atitude?

Espero que sim. Cheguei à produção não sabendo muita coisa e, no fim, me tornei mais consciente. Você nunca sabe de onde vem uma inspiração, mas espero que meu episódio em Breakthrough, assim como os outros, tenham esse objetivo com a audiência.

Qual é o maior desafio de participar dessa produção?
Tempo. Eu tive um ano muito agitado e todas essas diferentes histórias me levaram a muitos lugares. A alguns eu não consegui ir. Nós estávamos interessados em falar da água, mas sem esquecer das pessoas. A série é sobre pessoas e era preciso encontrar essas pessoas.

Reforço


Depois de Lino Facioli (Robin Arryn), a série Game of thrones ganhou outro brasileiro no elenco. É o ator Diogo Sales, que, segundo o site Watchers on the wall, interpretará um dos personagens do elenco dos dothraki na sexta temporada, que estreia em 2016. O carioca mora em Londres desde 2011 e começou a carreira como ator em 2002.

Falando em GoT...
Jason Momoa, que dava vida a Khal Drogo, um dos personagens morto prematuramente na trama, será protagonista de uma nova produção da Netflix. Ele estará no elenco de Frontier, que acompanhará pessoas que tentam se estabelecer no mercado de venda de peles no interior do Canadá.

Minhas impressões
A série Jessica Jones (foto) teve todos os episódios disponibilizados na última sexta-feira, na Netflix. E tem tudo para se tornar mais uma queridinha dos apaixonados por série. Quer saber por quê? Eu te digo a seguir, mas cuidado: contém spoilers!

A série traz uma heroína pouco conhecida. Ela apareceu pela primeira vez nos quadrinhos em 2011, ou seja, é muito nova. Nas HQs, ela acaba sendo contaminada e ganha superpoderes. O capítulo de estreia da trama da Netflix pula a explicação, mas tem um motivo. A produção começa após Jessica já ter desenvolvido superforça e ter sido manipulada por um namorado, que é o vilão da temporada. Pelo que dá a entender, ela não quer ser mais uma vigilante e, por isso, assume o papel de detetive. O ar sombrio (ao estilo de Daredevil) e o abuso das ironias colocam Jessica Jones em um caminho novo para a Marvel e mostram que a escolha por Krysten Ritter foi bastante acertada.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK