Brasília-DF,
20/OUT/2017

Dona Nenê é uma das principais mães da tevê brasileira

Em duas versões, Irene Silva, ou dona Nenê, deu vida e trouxe empatia a milhares de mães do Brasil

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ataide de Almeida Jr. Publicação:08/05/2016 07:00Atualização:09/05/2016 09:00

 (Reprodução/Internet)
 

 

Se tem uma personagem que representou, durante mais de 16 anos, o jeito, o carinho e as transformações de boa parte das mães brasileiras, essa foi a dona Nenê, de A grande família. Foram duas as atrizes que interpretaram a matriarca da família Silva. Na primeira versão, que foi ao ar de 1972 a 1975, coube a Eloísa Mafalda o papel. Quando voltou repaginado, em 2001, Marieta Severo foi a responsável por dar vida à nova Nenê.


Apesar da diferença de 26 anos entre a primeira e a segunda versões, a dona Nenê sempre despertou a empatia das outras mães, por representar aquilo que elas passavam em casa, as dificuldades com os filhos e o casamento, e acompanhou o desenvolvimento da mulher na sociedade.


A Nenê de Eloísa Mafalda enfrentou mais dificuldades que a de Marieta. Na época em que se passou a primeira versão ainda havia censura na televisão. No entanto, Eloísa soube trazer para a Nenê dela uma mulher forte e determinada a dar o melhor para essa grande família.


Já a Nenê de Marieta Severo continuou sendo, durante as primeiras temporadas, aquela dona de casa exemplar, mãe coruja, conciliadora e pronta para colocar ordem nos conflitos. No entanto, durante os 13 anos que ficou no ar, ela conseguiu mostrar toda a evolução da mulher. Nenê briga com Lineu, sai de casa, vai trabalhar na loja de Marilda, depois e abre o próprio ateliê de costura.


Além disso, a Nenê de Marieta Severo mostrou que as mães não precisam ser aquela figura devota aos filhos, principalmente depois que eles crescem, e tampouco precisam ficar em casa vendo o que acontece ao redor e comentando com a vizinha. Em vários episódios, Nenê foi à luta e mostrou o seu verdadeiro poder.
Independentemente de épocas as Nenês souberam trazer para a telinha toda as características da maioria das mães brasileiras, que unem a bondade e a preocupação com os filhos e a família ao mesmo tempo que dizem ao mundo que não são apenas “recatadas e do lar”.

SAIBA MAIS

Sem riqueza
Marieta Severo ainda interpretava a rica e poderosa Alma Flora, de Laços de família, quando foi convidada por Guel Arraes para participar do seriado A grande família. Segundo o site Memória Globo, Marieta não pensou duas vezes e aceitou o convite. Assim que terminaram as gravações da novela de Manoel Carlos, ela deixou de lado as joias de Alma e foi parar no avental de dona Nenê.

Marcante

Figura fácil entre as novelas da Globo, principalmente nas décadas de 1970, 1980 e 1990, a atriz Eloísa Mafalda, hoje com 91 anos, está afastada das telinhas desde 2001 por conta de uma esclerose. Em entrevistas recentes, Mafalda afirmou que dona Nenê foi a personagem mais marcante da carreira dela e que sentiu ciúmes ao ver outra pessoa, no caso Marieta Severo, interpretando a mãezona de A grande família. “É claro que a Nenê era uma dona de casa, tinha os seus problemas, e essa parte eu fazia séria, mas sempre tentava levar para o humor, que era o que mais gostava de fazer”, contou ao portal Vírgula, em 2014.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK