Brasília-DF,
17/DEZ/2017

Professora de dia, DJ à noite e estrela do programa Ferdinando show

A versátil Marise Lima conquistou o público com a Dj Zelda, do Ferdinando show

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:24/07/2016 07:00Atualização:23/07/2016 23:29

Marise Lima: a DJ Zelda %u201Cpegaria%u201D  a Nicole Bahls brincando
 (Multishow/Divulgação)
Marise Lima: a DJ Zelda %u201Cpegaria%u201D a Nicole Bahls brincando

 

“Students, pay attention here!” Baixinha, gordinha e com um sorriso tão largo que dá para sentir a alegria de longe. Quem vê Marise Lima nas salas da cooperativa em que ministra aulas de língua estrangeira nem imagina que ela é muito mais que uma professora de inglês.

Aos 36 anos de idade, Marise dá aulas de segunda a quinta e toca nas noites cariocas de sexta a domingo. Mas não é só isso. Ela tem um tempo reservado para viver a Dj Zelda no programa Ferdinando show, do Multishow.

A personagem foi idealizada pela professora e pelo amigo Marcos Majella, que interpreta o anfitrião do programa, alguns anos atrás. “Ele sempre conheceu minha veia bem-humorada e me convidou”, conta Marise.

A composição da Dj Zelda reúne um mix de romantismo, impaciência, influências musicais londrinas e um monte de purpurina. “Ela tem uma casca, mas, no fundo, gosta mesmo é de ouvir um bom Erasmo Carlos e distribuir flores”, conta Marise.

Com tantas características, a personagem se adapta às mais diversas situações e não nega que “pegaria a Nichole Bahls brincando”. Marise explica que tem uma ótima relação com a colega de trabalho por quem Zelda tem uma espécie de queda.

Os fins de semana são dias de trabalho e diversão para a Dj Zelda. “Costumo tocar em Niterói e em cidades dentro do Rio de Janeiro mesmo. Mas adoraria me apresentar em outros lugares, é só chamar que eu vou. A Zelda quer mais é rodar o Brasil inteiro.” E o momento é de diversão não só para o personagem, mas também para Marise que gosta de encontrar amigos nesses momentos.

QUEM É

Nome: Marise Lima
Idade: 36 anos
Local em que nasceu: Niterói (RJ)

Projetos


Mesmo que não pense em largar a sala de aula, Marise já se entregou ao humor. Ela foi da DJ lésbica e um tanto desbocada aos modos da família tradicional no papel de uma rígida, mas cômica, pastora no filme Tô ryka, com estreia prevista para agosto. Mesmo com um papel pequeno, ela gostou da nova experiência. “Navegar pelo universo do cinema foi muito bom, foi divertido”, conta.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK