Brasília-DF,
18/DEZ/2017

Emissoras do Brasil investem cada vez mais em seriados e sitcoms

Só nesta semana estreiam quatro produções do gênero

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Samir Mendes - Diversão & Arte Vinicius Nader Publicação:21/08/2016 07:00Atualização:19/08/2016 15:55
Há algum tempo o brasileiro que sempre foi louco por novelas ganhou uma nova paixão: os seriados e as sitcoms, geralmente oferecidas em temporadas e mais rápidas, tanto na linguagem como na duração. Esta semana quatro produções do gênero estreiam na telinha: a 24ª temporada de Malhação — intitulada Pro dia nascer feliz — e Justiça, ambas na Globo; e as estreias de E aí... Comeu?, no Multishow; e de De perto ninguém é normal, no GNT.
 
Julia Rabello estrela o seriado 'De perto ninguém é normal' (Trícia Vieira/Divulgação)
Julia Rabello estrela o seriado 'De perto ninguém é normal'


Realidade x Ficção

“Achei o máximo brincar com a ficção e o factual”, afirma a atriz Julia Rabello ao Correio ao definir a atração De perto ninguém é normal. “Vivemos um tempo que eles estão meio embolados, com as pessoas querendo saber da vida dos outros em reality shows ou se expondo nas redes sociais”, completa.
 
O humor, como não poderia deixar de ser, dá o tom do seriado de Luiz Villaça. O programa tem um tema único e é dividido em três momentos: pessoas são entrevistadas na rua pela personagem Júlia, especialistas dizem o que acham do assunto e esquetes são apresentadas.
 
A estreia versa sobre o amor. “Recebemos no estúdio três pessoas que foram casadas várias vezes. A gente brinca que eles têm 30 anos de casados, mas com pessoas diferentes”, diverte-se Júlia. Futebol e política são alguns dos temas que pontuarão os 13 episódios.

SERVIÇO
De perto ninguém é normal
GNT, quarta, às 23h.

A Justiça é para todos?

Muita expectativa cerca a estreia de Justiça, minissérie de 20 episódios que estreia amanhã na Rede Globo. Com um elenco que conta com Débora Bloch, Marina Ruy Barbosa, Jesuíta Barbosa, Cauã Reymond, Marjorie Estiano e outros grandes nomes da emissora, Justiça aborda, na prática, questões sobre ética, perdão, vingança e arrependimento com olhar realista.
 
Com ares de superprodução, 'Justiça' gerou expectativas (Globo/Estevam Avellar)
Com ares de superprodução, 'Justiça' gerou expectativas
 
 
A trajetória de pessoas de origens diferentes que passam sete anos na prisão depois de expostas a situações-limite foi escrita por Manuela Dias, com a colaboração de Mariana Mesquita, Lucas Paraizo e Roberto Vitorino; tem direção artística de José Luiz Villamarim e é dirigida por Luisa Lima, Walter Carvalho, Isabella Teixeira e Marcus Figueiredo. Apesar de trajetórias distintas, a série, ambientada no Recife, pretende conectar as surpreendentes relações entre os personagens.

SERVIÇO
Justiça
Minissérie em 20 episódios. Estreia amanhã, após Velho Chico. Demais episódios previstos para serem exibidos de segunda a sexta às 23h, exceto às quartas, quando não há exibição.

A resenha continua

Baseado na peça de Marcelo Rubens Paiva e no filme homônimo de 2012, dirigido por Felipe Joffily, Bruno Mazzeo, Marcos Palmeira e Emílio Orciollo Netto estão de volta à mesa do bar Harmonia para, além de tomar alguns copos de chope, discutir o papel do homem nos relacionamentos com o sexo oposto, e tentar dar resolução a novos dilemas pessoais que envolvem romantismo, sonhos, ambições, conquistas e decepções.
 
Bruno Mazzeo, Marcos Palmeira e Emílio Orciollo Netto tentam resolver os dilemas da vida à mesa do bar (Ique Esteves/Divulgação)
Bruno Mazzeo, Marcos Palmeira e Emílio Orciollo Netto tentam resolver os dilemas da vida à mesa do bar
 
 
Essa é E ai... Comeu?, série de 13 episódios, que conta com direção de Johnny Araújo. Fernando (Bruno Mazzeo) é um homem recém-separado que vive uma fase de adaptação à recente vida de solteiro; Honório (Marcos Palmeira) é um jornalista casado, porém com o eterno dilema sobre a vida conjugal e a curtição como solteiro; e Emílio Orciollo Netto faz o papel de Afonsinho, um típico bon vivant, “pegador nato”, que volta da Europa para abrir um albergue. Completa o elenco Emanuelle Araújo, que faz o papel da esposa de Honório.

SERVIÇO
E aí... Comeu?
Série de 13 episódios. Estreia amanhã no Multishow. De segunda a sexta, às 22h30. Horários alternativos: terças, às 15h; quintas, às 17h30; sextas, às 15h; sábados, às 15h30; e domingo, às 16h30.

A primeira vez

Amanhã o público conhecerá a trama de Pro dia nascer feliz, nova temporada de Malhação, considerada por estudiosos a única sitcom brasileira no ar. Desta vez, uma novidade: a atriz Aline Dias dará vida a Joana, a primeira protagonista negra da novelinha teen.
 
Aline Dias marca época: primeira negra à frente de 'Malhação' (Globo/Caiuá Franco)
Aline Dias marca época: primeira negra à frente de 'Malhação'
 
 
A cearense Joana vai para o Rio em busca de melhores oportunidades na casa da melhor amiga da mãe dela, Tânia (Deborah Secco). Lá, ela conhece Gabriel (Felipe Roque) e Giovane (Ricardo Vianna), promissora dupla de vôlei de praia.
 
Além das cenas praianas, Pro dia nascer feliz tem outros cenários: a academia Forma e dois remanescentes da temporada passada, o hostel e o colégio Dom Fernão. Como é de costume, atores mais experientes como Louise Cardoso, Marcos Pasquim e Thiago Fragoso, dividirão os sets com estreantes.

SERVIÇO
Malhação — Pro dia nascer feliz
Globo, de segunda a sexta, às 17h45.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK