Brasília-DF,
11/DEZ/2017

Whoopi Goldberg está de volta a tevê em Star talk, programa sobre ciência

Relembre momentos marcantes da carreira da atriz

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:06/11/2016 06:55Atualização:04/11/2016 17:39
Whoopi ao lado do astrofísico e apresentador Neil deGrasse Tyson (NG Studios/Brandon Royal)
Whoopi ao lado do astrofísico e apresentador Neil deGrasse Tyson
 
Deve faltar espaço na prateleira de Whoopi Goldberg para tantos prêmios. A atriz e apresentadora é uma das poucas do showbiz americano a ter ganhado Oscar (cinema), Emmy (televisão), Grammy (música) e o Tony (teatro).
 
Acostumada a fazer rir, Whoopi está mostrando uma faceta mais séria ultimamente na tevê. Pelo menos uma vez por semana, ela dá expediente no The view. Sentada em um enorme sofá, ela e as outras apresentadoras comentam as notícias que julgam mais relevantes do momento. Vale de tudo: comportamento, moda, cultura, política, economia. Só não vale não ter opinião.
 
O lado sério da atriz também será mostrado na madrugada de hoje para amanhã, no NatGeo. Isso porque ela será recebida no Star talk: falando com as estrelas, programa dedicado a discutir descobertas da ciência e outros temas mais duros. No episódio que abre a terceira temporada, Whoopi vai falar sobre ciência, diversidades nas histórias em quadrinhos e o uso medicinal da maconha.
 
Hoje, Whoopi é uma estrela. Mas nem sempre foi assim. No início da carreira, em meados da década de 1970, era comum ela bater de porta em porta atrás de qualquer oportunidade no teatro. Foram várias pontas em produções da Broadway, como Hair e Jesus Cristo Superstar —  até como maquiadora de defuntos ela trabalhou para poder viver da arte.
 
Embora os palcos fossem a grande paixão, foi no cinema o primeiro estouro da carreira dela. E não pense que foi com uma comédia. Whoopi Goldberg despontou ao vencer o Globo de Ouro de melhor atriz coadjuvante e ao ser indicada ao Oscar pelo papel de uma jovem violentada pelo pai em A cor púrpura (1986), de Woody Allen. Era o primeiro filme dela.
 
Quatro anos mais tarde, veio o primeiro Oscar. O segundo da história dado a uma atriz negra. A Academia se rendeu a Whoopi depois de ela roubar a cena como coadjuvante de Ghost. Uma médium lembrada até hoje. Assim como são lembradas a freira de Mudança de hábito (1992) e a babá de Corina (1994). Além disso, ela comandou a cerimônia do Oscar quatro vezes — em 1994, 1996, 1997 e 2002.

Serviço
Star talk : falando com as estrelas
Nat Geo. Domingo, 1h15. Classificação indicativa livre.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK