Brasília-DF,
22/OUT/2017

Estreias da semana tem Homeland, Conviction, You me her e Playing house

Saiba mais sobre as produções que chegam à telinha nos próximos dias

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Adriana Izel Publicação:15/01/2017 06:20Atualização:13/01/2017 16:13
'Homeland' volta a ter os Estados Unidos como cenário na sexta temporada (JoJo Whilden/Fox Action)
'Homeland' volta a ter os Estados Unidos como cenário na sexta temporada

O mês de janeiro tem sido repleto de novidades na televisão fechada e nos serviços de streaming. Nos próximos dias, várias séries chegam às plataformas. As opções vão desde produções novatas até atrações que estão há algum tempo no ar. O TV+ selecionou quatro seriados que estreiam nesta semana. A lista é encabeçada por Homeland, que chega à sexta temporada, mas tem ainda Playing house, com a segunda temporada, e as produções estreantes Conviction e You me her.
 
Homeland é um drama com base na história norte-americana e, principalmente, com as ameaças terroristas e conflitos com estrangeiros. Playing house e You me her têm como característica tratar das relações humanas, enquanto Conviction conta a história de uma advogada que, contra a vontade, começa a trabalhar em um órgão que investiga casos de pessoas suspeitas de terem sido acusadas erroneamente. Confira a seguir um pouco mais sobre cada produção.
 

Terrorismo nos EUA

 

Após uma temporada tendo a Alemanha como cenário, a série Homeland retorna aos Estados Unidos na sexta sequência, que estreia na madrugada de hoje para amanhã, à 1h30, no canal Fox Action. A transmissão é simultânea no Brasil e nos EUA.
 
Na nova sequência, Homeland se aproxima da história atual dos Estados Unidos, que vive a expectativa pela posse do novo presidente Donald Trump no lugar de Barack Obama. O primeiro episódio da série está ambientando no dia da eleição presidencial dos EUA, seguindo até a data da posse de Heather Dunbar (Elizabeth Marvel), presidente recém-eleita que precisa lidar com as diversas ameaças terroristas que acontecem no país.
 
Sob o ponto de vista da personagem principal, Homeland acompanha a história da ex-agente da CIA (Central Intelligence Agency), Carrie Mathison (Claire Danes), que voltou do Afeganistão e está morando em Nova York, onde trabalha para uma fundação de integração de muçulmanos na cidade.
 

Sobre a série

 

Homeland estreou em 2011 inspirada na produção israelense Hatufim. A versão americana foi desenvolvida por Howard Gordon e Alex Gansa. A primeira temporada mostrava Carrie Mathinson, na época, agente da CIA, desconfiada da ameaça de um prisioneiro americano que volta ao país. Bastante elogiada, a produção acumula prêmios no Globo de Ouro e Emmy, inclusive, pela atuação de Claire Danes como melhor atriz. Na sexta temporada, atualmente, a produção terá pelo menos mais duas sequências, que já estão confirmadas.
 
SERVIÇO
Homeland
Estreia na madrugada de hoje para amanhã, à 1h30, no Fox Action. Reprise amanhã, às 22h, e também disponível no acesso Premium do aplicativo da Fox.
 
'Conviction' acompanha as mudanças na vida da controversa advogada Hayes Morrison (John Medland/ABC)
'Conviction' acompanha as mudanças na vida da controversa advogada Hayes Morrison
 
 

Heroína pouco convencional

 

Depois de dar vida à agente Carter do universo da Marvel durante duas temporadas, a atriz Hayley Atwell encarna outra heroína nas telinhas. Em Conviction, ela interpreta a personagem Hayes Morrison, uma advogada controversa, filha de um ex-presidente e de uma candidata ao senado. A série estreia nesta quinta-feira, no canal Fox Life.
 
A atração acompanha Hayes, que precisa aceitar um emprego em troca de não ir para a prisão por conta de posse de drogas. O trabalho se trata de um cargo na CIU (Conviction Integrity Unit), unidade que investiga casos de pessoas que foram condenadas de forma errada em casos criminais.
 
Caberá a Hayes e à equipe chefiada por Wallace (Eddie Cahill), em cinco dias, chegar à conclusão sobre cada caso, questionando se o sistema falhou e se a justiça atuou de forma correta. Esse novo emprego servirá como uma forma da personagem consertar as coisas em relação à família, mas também de conflito com Wallace, com quem ela tem um passado.
 

Apenas uma temporada

 

A atriz Hayley Atwell ainda com certo azar em relação a séries. Após duas temporadas à frente de Marvel’s Agent Carter, a artista viu a produção ser cancelada. Com apenas a exibição da primeira temporada de Conviction nos Estados Unidos, que aconteceu no segundo semestre do ano passado, o canal ABC decidiu pela não renovação da trama. Ao todo, a primeira temporada tem 13 episódios.
 

Curiosidade

 

Boa parte do elenco original da série não seguiu ao longo das temporadas. É o caso do britânico Damian Lewis e da brasileira Morena Baccarin, que eram protagonistas no início da série. Do elenco original estão mantidos Claire Danes e Mandy Patinkin, que interpreta Saul Berenson.

SERVIÇO
Conviction
Estreia em 19 de janeiro (quinta-feira), às 22h, no Fox Life.
 
'Playing house' aborda o dia a dia de duas mulheres criando uma criança (Robyn Von Swank/USA Network)
'Playing house' aborda o dia a dia de duas mulheres criando uma criança
 
 

Sob novos pontos de vista 

 

Entre as estreias da semana, a televisão terá a presença de duas séries com foco nas diferentes relações humanas. Playing house, que tem a chegada da segunda temporada hoje no canal Fox1, acompanha as amigas Maggie Caruso (Lennon Parham) e Emma Crawford (Jessica St. Clair).
 
As duas vivem uma relação intensa de amizade. Grávida, Maggie deixa o marido por conta de uma traição e chama a amiga Emma para apoiá-la. Emma, então, larga um bem-sucedido negócio na China e retorna para a cidade natal, Pinebrook, para ajudar a amiga a criar o bebê. Enquanto precisam lidar com os desafios da maternidade, a dupla ainda precisa lidar com o reencontro ao passado.
 
A primeira temporada da produção estreou em 2014 e a sequência chegou apenas neste ano no Brasil, com oito episódios. A série chegou a ter indicações a alguns prêmios, como o GLAAD Media Award, em 2015, e o Prêmio Escolha da Crítica, em 2016.
 
You me her  estreou no ano passado nos Estados Unidos. Com quase um ano de atraso, a produção ficará disponível no Brasil pelo serviço de streaming Netflix, a partir de 20 de janeiro. A série tem como foco o casal Jack (Greg Poehler) e Emma (Rachel Blanchard). Eles se amam, mas a relação está cada vez mais desanimada. Para tentar mudar os ares do relacionamento, eles decidiram envolver uma terceira pessoa: a escolhida é Izzy (Priscilla Faia).
 
Com 10 episódios, a primeira temporada aborda o poliamor, além de questões relacionadas a sexualidade, principalmente, por conta da relação entre Emma e Izzy. A série tem criação e produção de John Scott Shepherd (Uma vida em sete dias e Superpai).

SERVIÇO
Playing house
Estreia hoje, às 21h, no canal Fox1. Amanhã o episódio estará disponível no acesso Premium do aplicativo da Fox.

You me her
Estreia em 20 de janeiro (sexta-feira), na Netflix. Primeira temporada com 10 episódios.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK