Brasília-DF,
19/AGO/2017

Sésamo será exibida na TV Brasil com duas novas temporadas

Universo que mescla educação e entretenimento volta às telas da TV Brasil com a reestreia da turma de Come Come, Grover e outros

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Vinicius Nader Publicação:05/03/2017 06:02
Come Come é um dos personagens mais conhecidos de Sésamo
 (TV Brasil/Divulgação)
Come Come é um dos personagens mais conhecidos de Sésamo
Ícones de uma geração, Come Come, Elmo, Grover e outros personagens peludos e divertidos de Vila Sésamo estão de volta. Agora, como Sésamo, o programa estreia duas novas temporadas totalizando 52 episódios, a partir de amanhã, na TV Brasil e na TV Cultura.
 
Voltado para crianças em fase pré-escolar, de 2 a 6 anos, Sésamo diverte e ensina ao mesmo tempo. “Os personagens são os mesmos da versão conhecida, mas abordamos assuntos importantes para a formação infantil, como igualdade de gênero, sustentabilidade, educação financeira. Mas não é uma escola apenas. A intenção não é só educar, é entreter também”, afirma o diretor João Amorim, em entrevista ao Correio. Assuntos contemporâneos, como violência contra a mulher, aparecem de forma preventiva e a inclusão digital comparece com a disponibilização de extras no YouTube.
 
O diretor conta que a inclusão social é um dos focos mais importantes destas novas temporadas: “Além dos bonecos, em alguns episódios temos a participação de crianças negras e cadeirantes na plateia.”

Diversidade


A maior participação das meninas, desconstruindo estereótipos, também é uma preocupação. “Às vezes somos levados a pensar que mulheres não são boas em matemática. Entre nossos personagens, há meninas boas em cálculo que querem ser engenheiras”, adianta João.
Aos personagens icônicos somam-se novidades, como a fada Abby Cadabby, que vai a uma escola para fadas aprender truques divertidos. Outras aventuras que poderemos acompanhar são ambientadas no Migalhas Pictures, estúdio de cinema que Come Come monta para garantir muita risada entre as famosas fornadas de biscoito.
O convívio entre as gerações é mais um dos focos de Sésamo. Gravaram participação nomes como Palmirinha, Bela Gil, Jair Oliveira e Tânia Kalil e Gaby Amarantos.

Memória afetiva


Assim como toda uma geração, João Amorim foi criança assistindo a Vila Sésamo. “Tenho mais de 40 anos, então, peguei o fim da primeira temporada, na década de 1980. Depois, morei na Holanda e o programa passava lá”, conta o diretor, que há mais de 15 anos se dedica a projetos infantis. “Essa coprodução com a TV Cultura é muito importante porque ela tem expertise com bonecos”, completa.

ONG


Mais do que um programa de tevê, Sésamo é uma ONG com atuação 
em mais de 150 países. Por meio da comunicação, a instituição ajuda crianças e amplia a formação de forma divertida e instrutiva. “O objetivo é criar estratégias comunitárias que possam educar de forma a prevenir problemas como a violência doméstica e a promover benefícios, como educação financeira e inclusão digital”, explica o diretor.

SERVIÇO
 
Sésamo
TV Brasil. A partir de amanhã. De segunda a sexta, às 13h30. Classificação livre.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK