Brasília-DF,
23/SET/2018

A decadência faz rir em 'Samantha!', primeira sitcom brasileira da Netflix

Além da estreia em streaming de 'Samantha!', veja outras opções de entretenimento para a tevê

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Adriana Izel Publicação:06/07/2018 06:30Atualização:05/07/2018 16:53
'Samantha!' acompanha a vida adulta e pós-fama de uma estrela mirim dos anos 1980 ( Fabio Braga/Netflix)
'Samantha!' acompanha a vida adulta e pós-fama de uma estrela mirim dos anos 1980

O enredo da série Samantha! poderia muito bem retratar a história da Turma do Balão Mágico, que fez sucesso no Brasil nos anos 1980. Na produção da Netflix, Samantha (Emanuelle Araújo) é uma mulher louca por reconquistar a fama que teve quando era criança e liderava a Turminha Plim Plom, hit dos anos 1980.
 
Porém, ela precisa enfrentar um grande desafio: o tempo dela passou. Então, Samantha faz de tudo para aparecer. Seja fingir uma viagem para Paris, seja participar de um comercial com o “ex-atual-marido” Dodói (Douglas Silva), ex-jogador de futebol que acabou de sair da prisão.
 
Tudo isso com o único objetivo de voltar às manchetes e aos holofotes. E, para isso, ela ainda conta com ajuda do fiel escudeiro Cigarrinho (Ary França), adulto que integrava o elenco do programa infantil, e dos filhos Brandon (Cauã Gonçalves), um menino antissocial que faz de tudo para agradar a mãe, e Cindy (Sabrina Nonata), que luta por causa feministas e ambientais.
 
Em sete episódios, a primeira comédia nacional da Netflix cumpre muito bem seu papel. Primeiramente, porque não busca copiar nenhum seriado americano, a única coisa em comum é o fato de acompanhar a trajetória de uma família disfuncional. Todo o resto é ambientado na atmosfera brasileira.
 
Está lá, por exemplo, a nostalgia e a bizarrice dos anos 1980 no Brasil e até a crítica ao comportamento nacional em relação à fama, como a figura da digital influencer, que faz o maior sucesso, mas, na verdade, não tem nada a acrescentar.
 
Emanuelle Araújo e o pequeno Cauã Gonçalves roubam a cena, assim como é preciso destacar a presença de Daniel Furlan — queridinho do momento em atrações como Lady night e o hit Choque de cultura — no papel Marcinho, o empresário aproveitador da protagonista. Ficou curioso? Acesse o blog Próximo Capítulo e leia mais sobre a série.

Serviço

Samantha!
A partir desta sexta-feira (6/7), na Netflix.

TV Aberta

Sexta
Menina dos olhos 
(SBT, às 23h15)
Bem-sucedido, o relações públicas Ollie (Ben Affleck) vive o auge da felicidade quando a esposa anuncia a gravidez. No entanto, a mulher morre ao dar à luz a Gertie (Raquel Castro) e ele precisa aprender e se adaptar à vida de pai. Ele se muda para Jersey e passa a trabalhar na prefeitura.

Sábado
Mr. Bean
(Band, às 12h)
A série acompanha as histórias cômicas e absurdas que envolvem Mr. Bean. O personagem icônico vivido pelo ator Rowan Atkinson aparece em situações inusitadas na Inglaterra, onde transforma momento rotineiros em problemas de forma engraçada.

Domingo
Chaves
(SBT, às 9h)
Sucesso nos anos 1970 no México, Chaves (Roberto Bolaños) acompanha um menino órfão que vive em uma vila. Ele se mete em várias confusões ao lado dos amigos Quico (Carlos Villagrán) e Chiquinha (María Antonieta de las Nieves) que irritam os moradores do local, como Dona Florinda (Florinza Meza) e Seu Madruga (Ramón Valdés).

TV Fechada

Sexta
Marcia Clark investiga
(A&E, às 20h)
Marcia Clark, que se tornou célebre após participar do caso O.J. Simpson, examina alguns dos crimes mais chocantes dos EUA, que ficaram sem solução ou tiveram um resultado controverso. Ela investiga as primeiras 48 horas após o crime, para desvendar mistérios.

Sábado
Cinquenta tons mais escuros
(Telecine Pipoca, às 22h)
Incomodada com os hábitos e as atitudes de Christian Grey (Jamie Dornan), Anastasia (Dakota Johnson) decide terminar o relacionamento. No entanto, ele não desiste tão fácil e fica insistindo que aceitará as regras impostas por ela para viverem o romance.

Domingo
Objetos cortantes
(HBO, às 22h)
A minissérie de oito episódios acompanha a história de Camille Preaker (Amy Adams), repórter que volta à cidade natal para fazer a cobertura jornalística do assassinato de duas pré-adolescentes. Enquanto tenta montar um quebra-cabeça psicológico sobre seu próprio passado. 

Tags: tv

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK