Brasília-DF,
17/OUT/2019

No reino de Wakanda com o filme 'Pantera Negra' na tevê

A produção arrecadou mais de US$ 200 milhões na bilheteria e teve destaque internacional

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Correio Braziliense Publicação:19/07/2019 06:01Atualização:18/07/2019 12:14
A produção está entre os 10 filmes de maior bilheteria mundial (Reprodução da Internet)
A produção está entre os 10 filmes de maior bilheteria mundial


Um dos filmes de super-heróis mais aclamados dos últimos tempos, Pantera Negra é uma das opções para o fim de semana

O filme Pantera Negra, lançado em 2018, deixou um grande legado para o mundo cinematográfico e para o universo dos super-heróis da Marvel. Nos primeiros dias nos cinemas estadunidenses, a produção arrecadou mais de US$ 200 milhões na bilheteria e teve destaque em todos os cinemas em que estreou. O filme é ambientado no reino fictício de Wakanda e inova na produção com um herói protagonista negro e um elenco majoritariamente negro.

A trama de Pantera Negra gira em torno da história do príncipe T’Challa, que assumirá o trono em Wakanda, após a morte do pai. O reino reúne cinco tribos, dentre elas os Jabari, que não compactuam com a governança atual.

T’Challa logo recebe o apoio de Okoye, a chefe da guarda de Wakanda, da irmã Shuri, que coordena a área tecnológica do reino, e também de Nakia, a grande paixão do príncipe, que não quer se tornar rainha. Juntos, eles estão à procura de Ulysses Klaue, que roubou de Wakanda um punhado de vibranium, um metal superprecioso do reino, há anos.

O filme exalta a cultura africana e contraria alguns estereótipos ao apresentar uma África altamente tecnológica e cultural. O longa reverbera também o papel das mulheres na sociedade, as evidenciando e mostrando a força delas. Além disso, é possível fazer uma analogia do enredo cinematográfico com o contexto político e social atual, com a abordagem das questões xenofóbicas, racistas e segregadoras vividas na sociedade.

O sucesso nas bilheterias se repetiu nas cerimônias de premiações, Pantera Negra abocanhou mais de 15 prêmios, entre eles os Oscar de melhor figurino e de melhor direção de arte. Além disso, a trilha sonora é produzida pelo rapper Kendrick Lamar, um dos artistas mais premiados e respeitados da música atual.

Serviço
Pantera Negra
Sábado (20/7), às 22h, no Telecine Pipoca. Não recomendado para menores de 14 anos

TV Aberta


Sexta
Patas, ossos e rock ‘n roll
(SBT, 23h15)
Os donos de Yoko e Pirate saem de férias e deixam a dupla em um hotel para cachorros. Os dois decidem fugir e voltar para casa, pois o que querem mesmo é se divertir. Mas a festa é interrompida quando dois ladrões invadem a casa.

Sábado
Armadilhas do amor
(Band, 14h15)
Louise quer apimentar o casamento e decide fazer uma surpresa para o marido Ian na casa de campo deles, mas descobre que ela é quem foi surpreendida quando ele decora a casa para um fim de semana romântico com a amante Sara. As coisas saem de controle quando Sara aparece e um ladrão entra na casa.

Domingo
Rio 2
(Globo, 14h)
Linda e Túlio estão agora na floresta amazônica fazendo novas pesquisas. Por acaso, eles encontram a pena de uma arara-azul, o que pode significar que Blu e a família não sejam os últimos da espécie. Assim, toda a família parte em uma viagem rumo à floresta amazônica sem imaginar que, logo ao chegar, encontrarão um velho inimigo: Nigel.

TV Fechada


Sexta
Vingadores: Guerra infinita
(Telecine pipoca, 22h)
O cruel Thanos pretende reunir todas as Joias do Infinito em sua manopla para tornar-se o mais poderoso da galáxia e ser capaz de decidir o futuro da humanidade. Os Vingadores, então, se unem aos super-heróis aliados na maior guerra de todos os tempos para impedir os planos do vilão.

Sábado
Branca de neve e o caçador
(Megapix, 12h05)
A terrível Rainha Ravenna, em sua obsessão por beleza e juventude, quer destruir a Branca de Neve, a única mulher de todo o reino que é mais bonita que ela. Para isso, envia o caçador Eric atrás dela, mas tudo começa a dar errado quando ele passa a ajudar Branca de Neve a enfrentar a Rainha.

Domingo
Lion — Uma jornada para casa
(HBO Family, 22h05)
Em 1986, Saroo, um garoto de 5 anos, se perde nas ruas de Calcutá a milhares de quilômetros de sua casa. A criança é adotada por um amoroso casal australiano e se muda para a Tasmânia. Vinte e cinco anos depois, angustiado com as poucas lembranças de seu passado, Saroo parte em busca de sua antiga família. 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK