Brasília-DF,
23/OUT/2018

Chef de casa latino-americana comemora sucesso da gastronomia

Sob os cuidados de David Lechtig, a receita andina de ceviche é servida com 12 opções fixas da iguaria

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Mariana Vieira - Especial para o Correio Rebeca Oliveira Vinicius Nader Publicação:25/10/2013 06:01Atualização:24/10/2013 13:54

David Lechtig apresenta o mole poblano, um prato mexicano (Viola Júnior/Esp. CB/D.A Press)
David Lechtig apresenta o mole poblano, um prato mexicano

Nascido no peru, criado na Guatemala e morador de Brasília, onde comanda a rede de restaurantes El Paso, o chef e empresário David Lechtig carrega vários traços da multifacetada cultura latino-americana e comemora o momento que atravessa atualmente a gastronomia da região. “Esse crescimento da nossa cozinha demorou para acontecer e, há uns três anos, veio como uma resposta, uma contraposição à cozinha molecular, que era complexa demais. A nossa gastronomia chama a atenção pela simplicidade e pelo valor histórico, milenar que ela carrega”, afirma David.


O chef ressalta que o Brasil demorou a se atentar para a cozinha dos vizinhos, o que, segundo ele, só ocorreu há cerca de 20 anos. Um ícone da simplicidade citada por David é a célebre receita andina de ceviche. O item faz sucesso nos restaurantes do chef. São 12 opções fixas da iguaria, além de receitas que aparecem esporadicamente ou de festivais, como o que está sendo realizado até domingo na casa da 404 Sul.


Receitas clássicas

Ceviche amazônico do El Paso mistura os sabores peruano e brasileiro (Telmo Ximenes/Divulgação)
Ceviche amazônico do El Paso mistura os sabores peruano e brasileiro

No menu do El Paso, a iguaria pode ser degustada em receitas como a la passion (R$ 32), preparada com robalo, cebola roxa e pimenta ali rojo marinados no limão com salsa e maracujá. Até domingo, David oferece ceviches com sabores como o amazônico, que combina pirarucu com flores de jambu e azeite de sementes da Amazônia peruana que custa R$ 44.
O mole poblano (R$ 41), frango ao molho de chocolate também é uma das atrações da casa.É um clássico em dias de festa no México.

Sabores calientes

Alguns temperos estão intimamente ligados à gastronomia da América Latina. E a pimenta figura como um dos que melhor representam a culinária da região. Estudiosos apontam que ela tenha surgido na Colômbia, há 6.000 anos, antes de ser cultivada no restante do mundo. David Lechtig ressalta que daqui é que ela foi para outros continentes, como África, Ásia e Europa.


No restaurante El Paso, a pimenta jalapeño — conhecida por sua potência — é apresentada em seu formato original. E mais: leva recheio de cream cheese e é empanada em panko (uma farinha japonesa). O item faz parte do bufê de petiscos que a casa oferece às quartas e às quintas, a R$ 37,90 por pessoa.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK