Brasília-DF,
21/OUT/2018

Gerardo Costa acrescenta ingredientes a combinação "clássica"

O chef explica que o café combina bem com especiarias como páprica, canela, gengibre e cardamomo

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Mariana Vieira - Especial para o Correio Rebeca Oliveira Vinicius Nader Publicação:22/11/2013 06:02Atualização:21/11/2013 10:13

Filé ao molho de café com risoto de parmesão: opção do recém-inaugurado a.k.a.
 (Ed Alves/CB/D.A Press)
Filé ao molho de café com risoto de parmesão: opção do recém-inaugurado a.k.a.

Queijo e café é uma combinação considerada “clássica” pelo chef Gerardo Costa, do recém-inaugurado a.k.a., instalado no Life Resort. Por isso, ele não hesitou ao incluir no menu da casa um filé ao molho de café com risoto de queijo parmesão (R$ 49,90). “Sempre quis trabalhar com café em um molho e achei essa combinação com o parmesão perfeita”, afirma Gerardo, que optou por usar o produto solúvel para suavizar o prato.

Ex-chef do restaurante Pampulha, Gerardo explica que o café combina bem com especiarias como páprica, canela, gengibre e cardamomo, mas que os ingredientes devem ser acrescentados aos poucos “porque têm sabor muito pronunciado”.

No molho servido sobre o filé, o chef também usa mel e chocolate meio amargo. “A presença deles dá uma contrabalanceada ao prato porque quebra o amargor do café”, explica. Como o molho, a carne vermelha e o queijo já são fortes, o chef indica um vinho mais suave, como um cabernet sauvignon, para harmonizar.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK