Brasília-DF,
11/DEZ/2017

Apesar das tecnologias, chef se diz adepto de uma cozinha mais simplificada

"As receitas estão aí, a inovação fica por conta das técnicas, desconstruções. Mas eu acredito que a tecnologia deve servir para tornar a vida mais prática", diz

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Mariana Vieira - Especial para o Correio Publicação:06/12/2013 06:12Atualização:05/12/2013 12:22

Ravioli de ricota de búfala, espinafre, ovo caipira ao creme de parmesão e trufas negras
 ( Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
Ravioli de ricota de búfala, espinafre, ovo caipira ao creme de parmesão e trufas negras

Com um sobrenome que remete a uma das mais famosas massas italianas, o arquiteto de formação Roberto Ravioli não tinha como fugir de um destino gastronômico. “Na minha família, todo mundo cozinha. A tradição italiana de se reunir na cozinha sempre foi presente”, conta.

O chef, que comanda três casas na capital paulista — Empório Ravioli, Cucina Casalinga e La Madonnina — , começou há 25 anos a enveredar por essa área. “ No fim dos anos 1980, fui chamado pelo meu irmão Franco Ravioli para construir sua nova pizzaria, a famosa Pizza Bros. No meio da obra, ele me convidou para ser sócio. Aceitei na hora e dali em diante não parei mais”, conta.

Franco se diz adepto de uma cozinha mais simplificada. “As receitas estão aí, a inovação fica por conta das técnicas, desconstruções. Mas eu acredito que a tecnologia deve servir para tornar a vida mais prática”, diz. A comida da região da Toscana, de onde vem a família do chef, “é conhecida por ser povera, ou seja, comida de camponeses, de gente humilde”.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK