Brasília-DF,
20/SET/2021

Comida típica do Chile promete animar os foliões brasilienses

O prato pulmay é um cozido que incorpora frutos do mar, carnes de porco e de frango, batatas e legumes

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ana Carolina Eulálio - Especial para o Correio Mariana Vieira Rebeca Oliveira Publicação:28/02/2014 06:10Atualização:28/02/2014 09:17

Pulmay, caldo típico do sul do Chile, à base de proteínas e legumes ( Antonio Cunha/Esp. CB/D.A Press)
Pulmay, caldo típico do sul do Chile, à base de proteínas e legumes

Se, no Brasil, temos a canja de galinha, o caldinho de mocotó ou a vaca atolada como exemplos de caldos que dão energia, no Chile, vizinho latino, a pedida para dar ânimo aos foliões é o pulmay, cozido que incorpora frutos do mar, carnes de porco e de frango, batatas e legumes em um refogado de vinho branco.

“É uma comida típica dos portos no sul do país. Dá energia aos marinheiros e a quem vai para as farras”, conta Rodrigo Vivar, proprietário do restaurante Caleuche. Na casa, o pulmay sai por R$ 59,80 (serve duas pessoas) e vem acompanhado de arroz e salada chilena.

O chef Simón Navarrete destaca outros dois pratos que são bastante energéticos: “Usamos muito a batata na culinária chilena, e o charquican é um guisado que mistura o tubérculo com milho, verduras e abóbora”. Servido com funghi, arroz branco e salada chilena, o prato faz parte do menu executivo de almoço, é vegetariano e sai por R$ 22,90.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK