Brasília-DF,
26/SET/2021

Restaurante Santana celebra 30 anos de história

Com a galinha caipira, que faz parte do cardápio desde a inauguração, restaurante Santana já é conhecido em Taguatinga

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Rebeca Oliveira Renata Rios Publicação:21/08/2015 07:30Atualização:20/08/2015 19:00

O gerente, Cláudio de Castro, e a galinha caipira do Santana, no menu há 30 anos
 (Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
O gerente, Cláudio de Castro, e a galinha caipira do Santana, no menu há 30 anos

A galinha caipira no Santana, em Taguatinga, já chega ao prato dos comensais com 30 anos de história. O preparo faz parte do cardápio desde que a casa abriu.

“Nossa galinha é feita como na roça, desde os temperos utilizados até a forma de preparar, tudo segue a receita original”, explica o gerente, Cláudio de Castro. O preparo pode ser pedido em dois tamanhos: a galinha inteira (R$ 130) ou meia (R$ 80). Para acompanhar, o clássico, arroz, feijão-tropeiro, quiabo, milho e pirão.

Outra maneira que Castro sugere é a picanha. “Vários pratos entraram e saíram do nosso cardápio nesses 30 anos de casa, mas a galinha e a picanha nos acompanham desde o primeiro dia”, garante. A carne vem à mesa na chapa, coberta por queijo e acompanhada de arroz, feijão-tropeiro, batata frita e vinagrete (R$ 97, para três pessoas; R$ 72, para duas).

Para acompanhar ambos os preparos, os clientes podem escolher entre um chope Brahma (R$ 7,15) e uma versão mais saudável, com uma jarra de água de coco (R$ 12).

 

Santana

(CNA 3, lt 8, ljs 1 e 2; 3563-4674), aberto de segunda a quinta 11h à 0h; sexta e sábado, das 11h à 1h; domingo, das 11h às 17h.

 

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK