Brasília-DF,
21/SET/2021

Veja como a solidariedade também pode ser feita ao som do samba

Pelo 9º ano consecutivo, o Feijão Solidário é responsável por uma tarde de festa, feijoada e muita música. Tudo isso para ajudar crianças e idosos carentes de Brasília

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:16/10/2015 06:10Atualização:16/10/2015 09:42

Grupo de samba, Liberdade de sonhar (Arquivo Pessoal)
Grupo de samba, Liberdade de sonhar

Ao som de muito samba e sob o tempero inconfundível da clássica feijoada, o brasiliense está convidado para a 9ª edição do Feijão Solidário, evento beneficente promovido pelo programa Correio Braziliense Solidário. Com a promessa de muito samba pelo grupo Liberdade de Sonhar, o sábado (17) será um dia animado para crianças e idosos que necessitam das instituições beneficiadas.


Eventos como esse são realizados pelo Correio para incentivar a população a fazer parte da constante luta das instituições em se manterem em funcionamento. Com o auxílio de pessoas e empresas, as ações já beneficiaram milhares de pessoas. Este ano, o evento será no Net Live Brasília e os ingressos podem ser comprados até o dia 16, na sede do Correio Braziliense.


No Feijão Solidário, quem ajuda fica tão feliz quanto quem é ajudado. Além de saborear o prato típico brasileiro, quem participa beneficia milhares de crianças e idosos. Levantamento mostra que, nos 12 anos do programa, mais de 30 instituições foram beneficiadas e cerca de 20 mil crianças, atendidas.


Segundo a presidente do programa Correio Braziliense Solidário, Nazareth Teixeira da Costa, as expectativas para este Feijão Solidário não podiam ser melhores. “Esperamos ver a casa lotada, justamente porque, ao longo desses anos, a sociedade de Brasília tem nos acolhido”, afirma.

 

A edição do ano passado foi um sucesso
 (Zuleika de Souza/CB/D.A Press)
A edição do ano passado foi um sucesso
 


A cada edição, mais pessoas participam. O evento já está na agenda do brasiliense. “Nós preparamos tudo com muito carinho, e o encontro é muito agradável”. Em um ambiente familiar, a feijoada é preparada para receber pais e filhos dispostos a ajudar o próximo.


Após as arrecadações, integrantes do programa decidem como podem ajudar da melhor forma as instituições atendidas. O apoio ocorre das mais variadas formas. Às vezes, uma creche não tem refeitórios e salas de aula adequadas para as crianças ou precisa de uma reforma em cozinhas sucateadas. “Diante do que fazemos, o retorno das instituições é muito emocionante. É importante ajudar a melhorar a estrutura desses lugares, porque isso dá dignidade para as crianças”, completa Nazareth.

Tarde de samba

O grupo de samba que garante animar a tarde é o Liberdade de Sonhar, formado por sambistas de Brasília e do Rio de Janeiro. O repertório vai envolver o público, com clássicos de Beth Carvalho, Zeca Pagodinho, Jorge Aragão, Fundo de Quintal, Cartola e clássicos do gênero. Rogério Avellar, representante da banda, garante: “O repertório será eclético e animado pra ninguém ficar sem dançar.” Sobre a importância de eventos beneficentes, Rogério ressalta: “É fundamental que instituições se mobilizem para esses fins. Nós já participamos de eventos como o Feijão Solidário e é uma honra fazer parte disso em Brasília.”

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK