Brasília-DF,
03/ABR/2020

Série The Originals estreia nesta segunda-feira no Brasil

O seriado é derivado de "The vampire diaries". Conheça outros spin-offs que pegaram carona na popularidade de hits da TV

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Diário de Pernambuco Publicação:17/03/2014 09:51Atualização:17/03/2014 09:55

Produção aposta no universo dos vampiros (MTV/Divulgação)
Produção aposta no universo dos vampiros

É difícil se despedir de um personagem ou trama marcante? Ainda mais quando a novela, série ou minissérie revoluciona padrões e surpreende espectadores. Na teledramaturgia brasileira - só para citar um caso próximo -, Avenida Brasil deixou milhares de órfãos brasileiros e até estrangeiros. Sobre produções internacionais, a premiada série Breaking bad é uma das saudades recentes do público.

Para remediar a ausência - e não perder o nicho -, a televisão norte-americana aposta na tradição do spin-off, séries derivadas de outras. No Brasil, o “recurso” é pouco explorado. Com poucas exceções, os longa-metragens Giovanni Improtta (2012) e Crô (2013) foram originados, respectivamente, nos personagens homônimos de Senhora do destino e Fina estampa, ambas de Aguinaldo Silva.

A série The Originals estreou nos Estados Unidos em outubro e chega hoje na TV por assinatura brasileira, às 21h45, na MTV. Mais uma aposta no universo vampirescos da produção internacional, é inspirada na consagrada The vampire diaries (também exibida na emissora), cuja média de audiência por episódio é 2,4 milhões de espectadores. O spin-off foi inserido no 20º episódio da quarta temporada.

O canal CW ignorou a baixa audiência do episódio piloto e encomendou a primeira temporada, que estreou em outubro nos Estados Unidos. Na visão do canal, é mais fácil atrair audiência para um programa familiarizado com o público, que um novo produto. O episódio foi criado pela produtora de The vampire diaries, Julie Plec. Por enquanto, parece estar dando certo. A produção já tem garantida a segunda temporada.

A série é focada na vida de Klaus, uma mistura de vampiro e lobisomem interpretada por Joseph Morgan. O protagonista decide retornar à cidade de Nova Orleans e retomar o controle do local, que um dia foi seu. O objetivo não será fácil, já que Charles Michael Davis se tornará um obstáculo. O Viver selecionou algumas produções em fase de desenvolvimento ou que já estão no ar.

No ar

Once upon a time in wonderland
Exibida às quartas-feiras, 22h, no Brasil pela Sony, a primeira temporada da série - originada em Once upon a time - preserva a receita de misturar realidade e fantasia. A trama é inspirada em Alice no país das maravilhas. Protagonizado pela australiana Sophie Lowe, o spin-off recebeu uma alavanche de críticas ruins e não atraiu boa audiência.

NCSI
Por mais um ano, a CBS já anunciou a renovação da série, derivada de Jag (encerrada em 2005). É um exemplo de spin-off consagrado. Atualmente na 11ª temporada, a produção foi criada em 2003 e se alimenta de crimes cometidos no universo da Marinha dos EUA. Aqui, é transmitida pelo AXN. Já desenvolvem um spin-off do próprio spin-off: NCSI - LA.

Cancelados

Ravenswood
O spin-off de Pretty little liars não sobreviveu a uma temporada. Na internet, os fãs da original pedem a volta do ator Tyler Blackburn, o Caleb (protagonista em Ravenswood e namorado de Hanna em PLL), para o elenco fixo da trama original. Mesmo já cancelada, o canal Boomerang anunciou que vai exibir os 10 episódios spin-off este ano no Brasil.

Joey
O personagem de Matt LeBlanc em Friends ganhou vida própria em 2004 na telinha, mas não resistiu a duas temporadas. A série foi dirigida pelo antigo colega da trama, que acabou há dez anos, David Schwimmer (Ross). A baixa audiência não correspondeu às expectativas da NBC. De expressivos 18,6 milhões de espectadores na estreia, caiu para 4 milhões.

Em produção

Better call Saul
Com certeza, um dos spin-offs mais esperados do ano. A produção é centrada no cômico advogado criminal Saul Goodman, de Breaking bad (encerrada em setembro) e interpretado por Bob Odenkirk. Aaron Paul (foto), o Jesse Pinkman, também deve fazer participação. A previsão de estreia é para novembro.

How I met your father
Inspirado na cômica How I met your mother (atualmente, na nona temporada), o episódio piloto deve ser gravado na próxima semana. A atriz Greta Gerwig (foto), do longa-metragem Frances Ha, assina o roteiro e produção-executiva, além de incorporar a protagonista. A trama não terá nenhum personagem da série original.

CSI
A franquia CSI, do canal CBS, é a série que mais aposta em spin-off. Já desenvolveu duas derivadas: CSI: Miami e CSI - Nova York, cancelados em 2012 e 2013, respectivamente. A emissora encomendou mais um. O terceiro spin-off será baseado em crimes cibernéticos. O criador de CSI, Anthony Zuiker, é o roteirista da nova versão.

Bloodlines
Inicialmente chamada de Tribes, a derivada de Supernatural terá a atriz Melissa Roxburgh como a lobisomem Violet. De Supernatural, os atores Jared Padalecki e Jensen Ackles participam do episódio piloto, que será exibido como na própria série, dia 29 de abril, nos Estados Unidos. Sem previsão de estreia por aqui.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK