Brasília-DF,
16/DEZ/2017

Documentários sobre trajetória de jovens em busca do sucesso através do futebol

'Mata Mata' e 'Chutando-o' acompanha a vida dos sonhadores que batalham para entrar em campo

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Juliana Figueiredo Lucas Lavoyer - Especial para o Correio Publicação:29/06/2014 06:04Atualização:27/06/2014 12:12
Mata mata acompanhou a rotina de três prodígios brasileiros (Publicom/Divulgação
)
Mata mata acompanhou a rotina de três prodígios brasileiros
Mata mata (2014) é um documentário alemão de Jens Hoffmann que acompanha a trajetória de três jovens prodígios do futebol brasileiro por três anos, mostrando a batalha de cada um para realizar o sonho de chegar ao estrelato. A expressão "mata mata", ganhar o jogo ou voltar para casa, é transportada dos jogos de futebol para o jogo da vida. Assim como nos campos, às vezes não existe segunda chance para quem quer chegar longe na carreira.

Danilo, de 17 anos, que recebe inúmeras propostas de clubes europeus; Carlinhos, zagueiro de 18 anos do Bayer Leverkusen; e Dante, zagueiro do Bayern de Munique, que, aos 30 anos, realizou o sonho de ser convocado para a Seleção brasileira para jogar o mundial de 2014, mostram as conquistas e as derrotas e retratam a importância do Brasil na formação de tendências e padrões futebolísticos de excelência.

De olho nos menos afortunados, o filme norte-americano Chutando-o (2008), de Susan Koch and Jeff Werner, acompanha seis jogadores de futebol desabrigados que enfrentam a pobreza e o vídeo na preparação para a Copa do Mundo dos Sem-Teto, uma competição anual que aconteceu pela primeira vez em 2003. É emocionante ver como o esporte mudou a vida dessas pessoas, entre elas moradores do Afeganistão, Quênia, Irlanda, Estados Unidos, Espanha e Rússia.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK