Brasília-DF,
23/OUT/2017

Rejuvenescimento de Cora e personagens gays de Sortilégio estão na coluna Eu vi!

Com a saída de Drica Moraes, que adoeceu, o autor Aguinaldo Silva "ressuscitou" Marjorie Estiano

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Diego Ponce de Leon Publicação:14/12/2014 07:35
 (Globo/Alex Carvalho)
Nem novela este país está sabendo fazer, e olha que já fomos bons no negócio. Na última semana, tivemos dois disparates pouco prováveis. Um deles, o leitor deve imaginar: o rejuvenescimento de 28 anos da personagem Cora, em Império.

Diante da saída da atriz Drica Moraes, que adoeceu, o autor Aguinaldo Silva se viu obrigado a buscar uma solução para a personagem, que tem papel central na trama. Até aí, tudo bem. Mas "ressuscitar" Marjorie Estiano foi um pouco demais, não? E a justificativa? Cirurgia plástica? Ivo Pitanguy deve ter tido trabalho, pois o resultado realmente foi surpreendente.

Enquanto isso, o SBT - que nunca foi bom de novelas e sempre preferiu importar as atrações mexicanas - perdeu o senso por completo. Transformou dois personagens gays de Sortilégio em héteros. Pode isso, produção? Não pode. Ainda mais diante de um público que tem se mostrado aberto a debater a sexualidade de forma franca e não censurada. Alguém avisa ao Sílvio Santos que estamos em 2014, não em 1920. A única pessoa a voltar no tempo foi a Cora. O resto deveria seguir em frente.


COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK