Brasília-DF,
17/OUT/2017

Oradukapeta trouxe um novo tipo de programa para as manhãs das crianças

Apresentado por Sérgio Mallandro, a atração não deixava de lado as brincadeiras no palco

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ataide de Almeida Jr. Publicação:18/01/2015 06:11
Sérgio Mallandro fazia suspense antes de revelar o que havia atrás da porta
 (SBT/Reprodução)
Sérgio Mallandro fazia suspense antes de revelar o que havia atrás da porta
Quem cresceu em frente à televisão no fim do anos 1980 certamente irá se lembrar de uma das mais célebres frases das manhãs: "Vamos abrir a Porta dos Desesperados!" Dita pelo apresentador Sérgio Mallandro, o quadro fazia parte do Oradukapeta, atração exibida pelo SBT entre 1987 e 1990, antes do programa do palhaço Bozo, que dominava a programação matutina da emissora.

A atração de Sérgio Mallandro conseguia unir elementos comuns aos programas infantis, como desenhos e brincadeiras, com quadros humorísticos, geralmente feitos pelo próprio Mallandro. Aliás, era o apresentador um dos grandes diferenciais do programa. Na emissora concorrente, Xuxa ia sempre bem vestida, exibia um programa organizado, com a plateia comportada. No show de Sérgio Mallandro, ele fazia questão de usar roupas despojadas, bonés engraçados e o público participava ativamente de tudo. Tudo isso deu uma grande audiência à atração.

O programa contava com brincadeiras típicas dos programas infantis, mas tinha uma que chamava a atenção e era o sonho da criançada, a Porta dos Desesperados. A gincana tinha formato simples: três portas eram colocadas no palco, atrás delas, os pequenos poderiam encontrar uma montanha de brinquedos ou monstros assustadores, que saíam correndo para pegá-los. Mas antes de abri as portas, Sérgio Mallandro fazia todo um suspense. Tudo isso recheado de vários glus-glus, iéiés e salcis fufus, marca registrada dele.

O Oradukapeta chegou ao fim em 1990. Atraída pela grande audiência do programa, a TV Globo contratou o apresentador Sérgio Mallandro. Lá, ele apresentou o Show do Mallandro, com um formato voltado ao público adulto. No entanto, a atração não obteve o mesmo sucesso e o apresentador se dedicou ao cinema.

Assistentes
Para controlar as crianças, o apresentador contava com a ajuda de algumas assistentes de palco. Algumas delas ficaram famosas algum tempo depois, como Suzana Alves, a Tiazinha, na TV Bandeirantes. Além dela, a atriz Carla Regina Cabral, que fez A casa das sete mulheres e O clone; e Geovanna Tominaga.

Desenhos
Claro que as brincadeira do Oradukapeta faziam muito sucesso, mas nenhum programa infantil é completo sem os desenhos animados. E o programa de Sérgio Mallandro trazia vários blockbusters da época, como Dennis, o Pimentinha e A Formiga Atômica.

Músicas
O programa rendeu a Mallandro o lançamento de dois discos. O primeiro, em 1986, trazia a música O escândalo, tema de abertura do programa. O segundo veio em 1988 com a canção Mallandrovsky.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK