Brasília-DF,
20/OUT/2017

Coluna Eu Vi discute trilha sonora das novelas brasileiras

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Diego Ponce de Leon Publicação:06/12/2015 06:00Atualização:04/12/2015 12:07

 (Jorge Rodrigues)

“Eu voltei. Agora pra ficar. Porque aqui, aqui é o meu lugar”. Na trilha de Roberto Carlos, retorno depois de duas semanas longe da coluna. E como voltei musical, vou me ater ao tema. Até porque, convenhamos, a televisão aberta não anda provocando maiores discussões.


Então, falemos de trilhas sonoras. Atualmente, só consigo pensar em “O soooooooool”. Menina, aquele sol da Alcione na abertura de A regra do jogo ilumina qualquer lugar. Marrom arrasa no Nelson Cavaquinho. O problema, como toda canção de novela, é que a coisa pode cansar. No fim da trama, a gente já não vai mais aguentar sol nenhum.


Mas de uma forma ou de outra, as músicas marcam. Quem nunca se jogou na frente da tevê quando rolava a abertura de Tropicaliente, com Elba Ramalho? Ou cantou no chuveiro o tema de Fera ferida jurando que era a personificação de Maria Bethânia?


Lembra de Lara Fabian? Pois é. Ninguém lembra. Mas duvido que alguém não se recorde da canção que tocava quando a personagem de Carolina Dieckman teve os cabelos raspados em Laços de família? Ih, chorei só de lembrar.

O último dia...


Andava pelado na rua?
Corria no meio
da rua? (...)
Abria a porta do hospício?
Trancava a delegacia?”

 

Paulinho Moska, na abertura da novela O fim do mundo

 

 

Enquete!

E qual foi a música de novela que mais te marcou? Mande e-mail ou mensagem para o perfil do Facebook.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK