Brasília-DF,
20/SET/2017

Quitutes da Orla reúne 22 chefs na Ermida Dom Bosco para divulgar criações

Durante mais de oito horas, o brasiliense vai poder degustar a preços que variam de R$ 5 a R$ 20

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Liana Sabo Publicação:01/11/2013 06:12Atualização:31/10/2013 13:17

Os chefs dividirão espaço debaixo da tenda reservada para o preparo (Ed Alves/CB/D.A Press)
Os chefs dividirão espaço debaixo da tenda reservada para o preparo

Desde o Brasília Gourmet 2011, não se via tantos chefs juntos. Na ensolarada manhã da última segunda-feira (28/10), a coluna reuniu, na Ermida Dom Bosco, 22 chefs dispostos a ofertar suas criações a preços populares, numa maratona do sabor, que será realizada naquele local, em 9 de novembro (sábado), entre as 13h e as 22h. A festa também assinala a reinauguração do Parque da Ermida, que passa por reformas e melhoria de toda área aberta à beira do Lago Paranoá.

Sob o nome de Quitutes da Orla, o evento está baseado em dois pilares: gastronomia e convívio social, destaca Sandro Biondo, um dos organizadores, para quem o aspecto mais importante é o da acessibilidade. “Muitas vezes eu escutei alguém dizer que nunca conseguiria provar a comida de Simon Lau”, relata Biondo, que comemora o fato de o chef dinamarquês (o primeiro a obter três estrelas no Guia Brasil para o seu restaurante Aquavit), participar da jornada gourmet.

Durante mais de oito horas, o brasiliense vai poder degustar a preços que variam de R$ 5 a R$ 20 uma diversidade de sabores: do pesto ao ceviche, do yakissoba à polenta mole, do cheesecake ao   risoto de quinoa.

Adeus, tabu!

Além de Simon, Mara Alcamim (Universal), Agenor Maia (Olivae), Alexandra Alcoforado (Inácia), Ademir Gudrin (Panelinha), Guilherme Braga (Places) e Evandro Piauí (Piauíndia) e outros dividirão espaço debaixo da tenda reservada para grandes chefs e novos talentos. O tabu de que comer bem só é caro vai ser quebrado com preços módicos, como R$ 20 para o arroz com suã temperado com limão siciliano salgado preparado por Simon, que ainda servirá sopa de batata trufada e uma dose de aquavit, ambos por R$ 10, cada.

Agenor Maia promete um sanduichinho de copa lombo com erva doce por R$ 10 e crumble de baru do cerrado por R$ 5, enquanto o Inácia oferecerá risoto de galeto com quinoa por R$ 20, Ragu de codorna por R$ 15 e brochette com molho de gengibre por R$ 5. Ceviche de pirarucu com cubos de manga (R$ 20) e polenta mole com ragu de linguiça (R$ 10) são sugestões do Places.

Nada de açúcar
Cheesecake diet de frutas vermelhas (Babi Gourmet/Divulgação)
Cheesecake diet de frutas vermelhas

Pessoas diabéticas também encontrarão opções como o cheesecake 100% diet de frutas vermelhas (R$ 7), de Barbara Soares, cuja grife Babi Gourmet levará bolo de chocolate meio amargo com mirtilos (R$ 10). Conhecido nos Estados Unidos, o popcake (massa de bolo espetada em um palitinho de pirulito e banhada no chocolate belga) é a especialidade que a estudante de gastronomia Lilian Lopes expõe na feira com 10 sabores, entre os quais, brigadeiro, banana, cocada, limão, maracujá e nutella. Sai por R$ 1,50, a unidade.

Ricos em fibras, sem conservantes e com baixa adição de açúcar são os salgados integrais produzidos por Jordana Saldanha com o nome de Salgadart. A unidade sai a R$ 4 e o pacote com seis congelados a R$ 18. Versão espanhola da brusqueta, a tosta de queijo de cabra com mel, de jamón serrano com tomate e de atum com pimentão virá pelas mãos de Marta Ibañez, da grife Sou.1, enquanto Tuane Tomelin fará espaguete ao molho pesto de manjericão e tomate seco. A iniciativa, que tem ainda uma pegada cultural, reúne propostas similares defendidas por três projetos: Picnik, Mimosa e Tutti-Frutti. Acompanhe no facebook.com/quitutesbsb.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK